​CNAD lança prémio Djoy Soares 2023

PorDulcina Mendes,17 nov 2023 10:20

No âmbito da 8ª edição da Feira de Artesanato e Design de Cabo Verde (URDI), que acontece entre os dias 29 deste mês a 3 de Dezembro, na cidade do Mindelo, o Centro Nacional de Arte Artesanato e Design (CNAD) lança o prémio Djoy Soares 2023.

Segundo uma nota da CNAD, este prémio foi criado em homenagem ao mestre e ceramista. 

“O prémio Djoy Soares, defende e promove a ideia de conjunto e partilha no sector. É desta forma que o CNAD, por meio da URDI, desafia uma vez mais os artesãos a se candidatarem ao prémio”, indica.

Para concorrer ao prémio serão admitidos apenas os participantes na feira. Cada candidato deve concorrer com uma única peça, que será avaliada mediante o envio de fotos da referida peça, o nome do participante, nome da peça e material utilizado.

As candidaturas devem ser enviadas até o dia 23 deste mês, para o email: cnad.comunicacao@gmail.com ou através da página do Facebook. https://www.facebook.com/cnad.cv.

Serão atribuídos dois prémios, sendo que um dos vencedores é escolhido através da sua votação, na nossa página do Facebook.

Ainda enquadrado na programação da URDI 2023, já decorre nas instalações da Faculdade de Educação e Desporto, em São Vicente, o “Batik Residência Criativa”.

Conforme a mesma fonte, os designers e criativos são desafiados a juntos trabalharem para a criação de uma colecção de peças ancorados na matriz do CNAD com novos valores estéticos, traçando projectos conceptuais com uma componente artesanal significativa a partir de Batik.

Com esta residência, a mesma fonte explica que além de contribuir para a divulgação e revitalização das técnicas de trabalhar no Batik, também propõe a reutilização e sustentabilidade do trabalho do artesão numa perspectiva expandida.

Os participantes desta residência são Manuel Fortes (coordenador), Carlos Noronha (curador), Wagane Gueye (professor e artesão), Saturnino Coronel (artesão), Karine Patrício (designer), Risilene Fortes (designer) e Sara Fonseca (artista plástica).

A 8ª edição da URDI, assenta sobre o lema da “Emigração na poética das ilhas”, e propõe reflectir sobre a nossa condição ilhéu atlântica. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,17 nov 2023 10:20

Editado porAndre Amaral  em  1 mar 2024 23:28

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.