Apresentação periódica para suspeitos de maus-tratos e VBG no Fogo

PorSheilla Ribeiro,10 mar 2024 16:44

O Tribunal da Comarca de São Filipe e o Tribunal da Comarca de Mosteiros decretaram medidas de apresentação periódica e proibição de contacto com as vítimas a três indivíduos, sendo um deles atleta, após serem indiciados por crimes de maus-tratos a ascendentes e violência baseada no género. Dois dos arguidos cometeram os crimes contra as suas respetivas mães.

Segundo o Ministério Público, os três homens, de nacionalidade cabo-verdiana, foram detidos fora do flagrante delito, no âmbito de uma investigação de três autos de instrução, registados nas Procuradorias da República das Comarcas de São Filipe e dos Mosteiros.

Os suspeitos, têm idades compreendidas entre os 32 e 36 anos, residentes em várias localidades da ilha.

Submetidos ao primeiro interrogatório judicial de arguidos detidos, o arguido de 32 anos, residente na localidade de Xaguate, cidade de São Filipe, indiciado da prática de dois crimes de maus tratos a ascendentes, foram aplicadas as medidas de afastamento da casa da ofendida (progenitora), proibição de contactar com a ofendida por qualquer forma ou meio, apresentação periódica e proibição de saída da ilha do Fogo sem autorização do tribunal.

Ao arguido de 32 anos, sem ocupação, residente em Queimada Guincho, natural da Freguesia da nossa Senhora da Ajuda, Concelho dos Mosteiros, indiciado de um crime de maus-tratos a ascendentes, foram aplicadas as medidas de afastamento da casa da ofendida (progenitora), proibição de contactar com a ofendida por qualquer forma ou meio e apresentação periódica às autoridades.

Segundo a mesma fonte, ao arguido de 36 anos, atleta, residente em Mosteiros Trás, natural da Freguesia da nossa Senhora da Ajuda, Concelho dos Mosteiros, indiciado de um crime de dois crimes de violência baseada no género, foram aplicadas as medidas de proibição de contacto com a ofendida por qualquer forma ou meio, proibição de frequentar o estabelecimento comercial da ofendida, proibição de saída da ilha do Fogo sem autorização do tribunal e apresentação periódica às autoridades.

Os referidos processos, que continuam em investigação, permanecem em segredo de justiça.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,10 mar 2024 16:44

Editado porSheilla Ribeiro  em  16 jul 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.