Transportes marítimos retomados com máscaras obrigatórias e menos lotação

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,8 mai 2020 15:10

O governo anunciou hoje um conjunto de medidas de protecção sanitária para o reinício do transporte marítimo de passageiros, na segunda-feira, entre as ilhas que já saíram do estado de emergência. Entre as medidas está a obrigatoriedade do plano de controlo sanitário em todos os navios e portos, controlo da lotação e permanência de passageiros nas gares marítimas, além da utilização obrigatória de máscara pelos passageiros e tripulantes. Nos portos, existirá um espaço de isolamento para eventuais casos suspeitos de COVID-19.

As medidas foram anunciadas hoje, pelo ministro da Economia Marítima, Paulo Veiga.

“A lotação das embarcações vai ser diminuída, dependendo da embarcação podemos reduzir entre 30 a 50% da sua capacidade. A embarcação que fará a linha São Vicente - Santo Antão (Chiquinho) terá capacidade de pelo menos 200 pessoas, e na linha São Vicente/São Nicolau/Sal (Interilhas), no mínimo, à volta de 150 pessoas”, referiu

“Irá haver duas viagens por semana na linha São Vicente/São Nicolau/ Sal, ida e volta, três viagens na ligação Fogo/Brava. Vai estar um navio no Fogo ou na Brava para fazer a ligação, e depois haverá um navio que é só para cargas, o navio Praia d`Aguada, que fará a ligação Santiago-Fogo, Santiago -Boa Vista, e Santiago-São Vicente”, acrescentou.

O Maio será ligado com as outras ilhas via Santiago, mas sem desembarque na cidade da Praia.

“Haverá a possibilidade de as pessoas do Maio saírem para irem ao Fogo ou para virem a São Vicente, mas será uma viagem corrida sem desembarcar na Praia”, explica.

Segundo o governante, o transporte de pessoas com origem ou destino a Santiago e Boa Vista será autorizado apenas em situações excepcionais, relacionadas com saúde.

“Em caso de emergência de saúde, e se não for possível a evacuação por via aérea, terá que ser por via marítima”, explicou.

A retoma das ligações marítimas para o transporte de passageiros que envolvam as ilhas de Santiago e da Boa Vista será tomada após o fim do estado de emergência que vigora nessas ilhas e de acordo com a sua situação epidemiológica.

Esta manhã, em declarações feita ao país, o Primeiro-ministro tinha já anunciado a retoma de ligações marítimas entre as ilhas onde já não vigora o Estado de Emergência. As normas serão publicadas ainda hoje no Boletim Oficial, depois de terem sido aprovadas em Conselho de Ministros.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,8 mai 2020 15:10

Editado porSara Almeida  em  16 fev 2021 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.