​Governo atribui estatuto de utilidade turística à instalação de hotéis na Praia e Mindelo

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,10 nov 2020 17:20

1

O Governo atribuiu estatuto de utilidade turística a favor de dois empreendimentos hoteleiros a serem instalados na Praia e em São Vicente. O valor dos investimentos ultrapassa 194 milhões de escudos, e deve criar 55 postos de trabalho, informa o executivo nos despachos publicados hoje em Boletim Oficial (BO).

A medida prevê a isenção do pagamento de vários impostos pelos promotores na aquisição de imóveis, na importação de materiais e equipamentos, entre outros.

Nos despachos assinados pelos ministérios do Turismo e Transportes e das Finanças, o executivo refere que na cidade da Praia o estatuto de utilidade turística foi atribuído à instalação do empreendimento K.B. Hotel. Trata-se de um investimento empresarial que ascende os 140 milhões de escudos e que contribuirá para a criação de 44 postos de trabalhos nacionais. Consiste na construção de um empreendimento de 10 andares, construído por cave, rés-do-chão, oito pisos e uma área de lazer no terraço que inclui piscina e área de apoio, e conta com 44 quartos, uma cozinha, uma sala de dança e um restaurante.

“O projecto contribuirá com 44 postos de trabalho nacionais, e pretende-se posicionar como uma unidade hoteleira de referência na cidade da Praia para o turismo de negócios internacional e nacional. Com enfoque na satisfação do bem-estar dos clientes, conta oferecer uma dinâmica económica local, valorizando as potencialidades existentes”, lê-se.

Em São Vicente, o mesmo estatuto foi atribuído à instalação do Luna Boutique Hotel, orçado em mais de 54,5 milhões de escudos e que prevê a criação de 11 postos de trabalho. De acordo com o documento, o investimento consiste na remodelação de um edifício já existente com dois pisos, em que será construído mais dois pisos. O projecto terá um total de 12 quartos, um café/restaurante, pátio e uma piscina.

“O propósito do promotor é distinguir-se da concorrência com um posicionamento bem definido na prática dos preços excelentes e com um atendimento de qualidade. Pretende-se a construção de um espaço de alojamento e de lazer com qualidade e excelência e com condições de concorrer com outros espaços similares no mundo inteiro, oferecendo tranquilidade e conforto”, lê-se no despacho.

Cabo Verde enfrenta atualmente uma profunda crise económica devido ás restrições impostas pela pandemia da COVID-19. O país está há oito meses sem actividade turística, mas o Governo prevê o regresso do turismo a partir de 15 de Dezembro, pelo menos para as ilhas do sal e da Boa Vista.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,10 nov 2020 17:20

Editado porAndre Amaral  em  29 nov 2020 7:19

1

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.