Destaques da edição 959

PorExpresso das Ilhas,15 abr 2020 0:02

Nesta edição, o Expresso das Ilhas destaca os apoios à economia: Ajudar as empresas a regressarem ao normal e mais adaptadas ao novo contexto mundial.

Mais de 500 empresas já recorreram aos apoios disponibilizados pelo governo para continuarem a funcionar neste período de crise provocada pela Covid-19. Todos estes apoios já somam mais de um milhão de contos, seja através do pedido de crédito, seja de moratórias. Pedro Barros, presidente do conselho de administração da Pró-Empresa, diz ao Expresso das Ilhas que já há também empresas a pensar no pós-crise, a tentarem saber no que deverão investir.

Também o coronavírus:

Presidente da República estuda alargamento do Estado de Emergência. Na semana em que Cabo Verde ultrapassou a dezena de casos confirmados de infecção por coronavírus, o Chefe de Estado começou a ouvir os actores políticos sobre um possível prolongamento do Estado de Emergência. Para as autoridades de saúde as palavras de ordem continuam a ser prevenção e distanciamento social.

Pandemia deixa cientistas em contra-relógio. A pandemia do novo coronavírus já infectou mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo. As mortes rondam as 130 mil. Perante um vírus sobre o qual ainda se sabe tão pouco, a comunidade científica mundial divide-se em duas grandes frentes: encontrar um tratamento eficaz e desenvolver uma vacina no menor espaço de tempo possível. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), são 70 as vacinas em desenvolvimento. Três delas já estão a fazer testes em humanos, ao passo que as outras 67 encontram-se em fase pré-clínica.

Distanciamento social decisivo para travar expansão em Cabo Verde. Estudos com previsões sobre a evolução da COVID-19 em Cabo Verde foram apresentados, na passada sexta-feira, no Palácio do Governo. Medidas de contenção e isolamento social mostram estar a dar resultados, mas a polémica não demorou a instalar-se.

Confinamento dá mais tempo às famílias. Numa altura em que ficar em casa é orientação global, muitas famílias estão sendo obrigadas a mudarem seus hábitos e costumes. Afinal há que saber aproveitar da melhor forma este período de confinamento, pois a vida segue. Nesta reportagem o Expresso das Ilhas foi saber como é que as pessoas têm passado o seu tempo nas suas residências. O bom disto tudo é que, segundo relatam, as famílias estão tendo mais tempo para elas mesmas.

Ainda o Estado de Emergência visto por Beto Alves, Fausto do Rosário e Leão Lopes. A pandemia do novo coronavírus impôs uma mudança drástica no dia-a-dia dos cabo-verdianos. Ao Expresso das Ilhas um autarca, um professor e um académico falam da sua visão da nova situação e do impacto da vida dos cabo-verdianos. Todos são unânimes em que as medidas do estado de emergência são de aplaudir e de continuar, mas divergem em alguns pontos de vista.

No interior, a opinião de Eurídice Monteiro, Informalidade e segurança social; de Dina Salústio, Vamos sobreviver; e de Ana Cordeiro, O ÚLTIMO MUGIDO de Germano Almeida.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,15 abr 2020 0:02

Editado porDulcina Mendes  em  27 mai 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.