Electra aumenta capacidade de produção de água em São Vicente e Sal

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,22 mar 2018 15:24

Alcindo Mota
Alcindo Mota(Rádio Morabeza)

A Electra reforça, a partir de Agosto, a sua capacidade de produção e distribuição de água nas ilhas de São Vicente e Sal, com a inauguração de novas plantas dessalinizadoras. As duas unidades, nas duas ilhas, terão capacidade de produção de 10 mil metros cúbicos de água por dia.

Trata-se de um investimento de cerca de 21 milhões euros. O anúncio foi feito hoje, em São Vicente, pelo presidente do conselho de administração da Electra, Alcindo Mota.

“Um investimento relevante que irá aumentar substancialmente a nossa capacidade de produção e distribuição em São Vicente e no Sal”, garante.

Na cidade da Praia, onde a empresa actua apenas como produtora, a capacidade instalada é de 15 mil metros cúbicos. Alcindo Mota anuncia, para este ano, o aumento da produção em 5 mil metros cúbicos por dia.

Segundo Alcindo Mota, a qualidade e a quantidade suficiente da água são alguns dos desafios da empresa.

“Os desafios têm a ver com a qualidade da água que fazemos chegar aos nossos clientes e prover também, em quantidade desejável os níveis de água que demanda nos mercados onde actuamos, no caso concreto de São Vicente, na ilha do Sal e na cidade da Praia”, explica.

O presidente do conselho de administração da Electra falava hoje aos jornalistas, em São Vicente, à margem do fórum “50 anos de Dessalinização em Cabo Verde”. O evento realizado pela Electra, em parceria com a associação “Aga Nos Vida”, está enquadrado no âmbito do Dia Mundial da Água, que hoje se assinala.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,22 mar 2018 15:24

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 nov 2018 3:22

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.