​Prisão preventiva para suspeito de pedofilia em Salamansa. Igreja reage

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,17 abr 2019 19:49

O Tribunal da Comarca de São Vicente decretou hoje prisão preventiva ao homem suspeito da prática de, pelo menos, cinco crimes continuados de agressão sexual de menor com penetração. O indivíduo é membro da comunidade católica da vila e alguns actos terão sido cometidos nas dependências da capela aí existente, admite a igreja.

As vítimas são cinco crianças, com idades compreendidas entre os 9 e os 12 anos.

De acordo com um comunicado da Policia Judiciária (PJ), enviado hoje às redacções, os crimes eram cometidos na casa do suspeito, local que as vítimas frequentavam, para brincarem com sua neta.

O individuo, residente em Salamansa, foi detido fora de flagrante delito pela PJ, através do Departamento de Investigação Criminal do Mindelo (DICM) – Brigada de Crimes Contra Pessoas, na segunda-feira, 15. Presente hoje ao Tribunal da Comarca de São Vicente, ficou em Prisão Preventiva.

Diocese do Mindelo chocado com situação ocorrida

Em comunicado emitido esta quarta-feira, 17, a Diocese do Mindelo confirma que o individuo em causa é um membro da comunidade católica de Salamansa.

“Esclarecemos ainda que a pessoa em questão, o agressor, de facto é um membro da comunidade católica de Salamansa (não um responsável da Igreja como quiserem dizer as noticias) e choca-nos que alguns actos também tenham tido lugar nas dependências da Capela”, lê-se.

No mesmo documento, a instituição religiosa garante que desde a primeira hora tem acompanhado as vítimas e suas famílias

“Infelizmente casos desses somam-se por tantas aldeias e ambientes familiares da nossa terra e são muitos os traumas vividos por tantos jovens no seio de muitas famílias cabo-verdianas”, lamenta.

“A Igreja sente vergonha e denuncia veemente esta situação chocante para toda a comunidade e está muito empenhada em colaborar com todos aqueles que, com seriedade e sentido de justiça, levam adiante a defesa e a protecção dos menores", refere.

A Diocese do Mindelo esclarece que, quando tomou conhecimento do sucedido, foi a Igreja, através do pároco, por indicação do Bispo de Mindelo, que tomou a iniciativa de comunicar à situação às autoridades competentes

Comunicado da Diocese do Mindelo:

Nota Sobre Caso de Abuso Sexual Em São Vicente by Morabeza on Scribd

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,17 abr 2019 19:49

Editado porFretson Rocha  em  15 set 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.