​“O meu irmão sofreu muito antes de morrer”

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,2 mar 2020 11:08

1

Faby Santos
Faby Santos

O jovem de 21 anos morto ontem à facada, em São Vicente, foi atingido com um único golpe no pescoço. Faby Santos terá perdido muito sangue e teve, pelo menos, cinco paragens cardíacas, já no bloco operatório, informou hoje o irmão.

De acordo com informações avançadas esta manhã, à Rádio Morabeza, pelo irmão, Didá da Luz, a vítima sofreu muito antes de morrer.

“Segundo informações avançadas pelo médico, o meu irmão sofreu muito antes de morrer. Levou uma única facada [no pescoço] que lhe atingiu o pulmão. Por isso não foi uma faca pequena. Foi submetido a cirurgia mas perdeu quase a totalidade do sangue antes de chegar ao bloco [operatório]. Ele teve mais do que cinco paragens cardíacas durante todo o processo”, conta.

Faby Santos, que residia com a mãe em Ribeira Bote, foi esfaqueado por volta das 18 horas deste Domingo, durante o “enterro do Carnaval”. Foi transportado para o Hospital Baptista de Sousa (HBS) onde foi submetido a uma cirurgia de urgência, mas não resistiu aos ferimentos. Morreu por volta das 23 horas. Deixa um filho de quatro meses. Ainda não são conhecidas as motivações do crime.

Didá da Luz recorda o irmão como uma pessoa trabalhadora e diz que nada deixava antever o trágico desfecho .

“Eu não esperava um desfecho do género. Ainda estamos a perguntar se é realmente verdade. Ainda esta semana tínhamos planos para fazer a manutenção de todos os equipamentos que foram usados no Carnaval”, diz.

“Ele é mais do que um irmão para mim. Praticamente fui eu que o criei. A minha mãe ia trabalhar e eu tomava conta dele”, conta.

Contactada, a Polícia Nacional remeteu para amanhã informações sobre o caso, dia em que fará o balanço do plano operacional “Carnaval 2020 em segurança”. Mas a Rádio Morabeza sabe que o suposto assassino, residente em Chã de Alecrim/Alto Doca, foi detido este Domingo. O suspeito está na Esquadra de Investigação e Combate à Criminalidade de Fonte Inês.

No Hospital Baptista de Sousa (HBS), a assessoria de imprensa avançou à nossa reportagem que mais informações sobre o caso devem ser fornecidas depois das 12 horas.

O corpo de Faby Santos está na casa mortuária do HBS a aguardar autópsia. Só depois será entregue à família.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,2 mar 2020 11:08

Editado porSara Almeida  em  28 mar 2020 23:20

1

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.