COVID-19: Todos os casos de hoje são do Hospital da Trindade

PorAndre Amaral,7 mai 2020 18:29

20 pacientes e 7 trabalhadores do Hospital da Trindade estão infectados com coronavírus confirmou, esta tarde em conferência de imprensa , o Director Nacional de Saúde, Artur Correia.

Os casos tinham sido assinalados ao final da manhã de hoje. Mais 27 pessoas estavam infectadas com coronavírus na cidade da Praia.

Na conferência de imprensa desta tarde, Artur Correia, confirmou a infecção naquela estrutura de saúde. "Os casos de hoje são do Hospital da Trindade. Um grupo de 20 pacientes e 7 profissionais de apoio".

Artur Correia esclareceu depois que "houve um psicólogo que acusou a doença e que tem ligações com a Trindade". "Mas independentemente disso estamos a fazer triagem em todos os serviços do hospital. O Hospital da Trindade faz parte do Hospital Agostinho Neto e desta vez coube [fazer-se a triagem] no Hospital da Trindade", acrescentou ainda o Director Nacional de Saúde.

Segundo este responsável este processo de triagem de COVID-19 já percorreu quase todos os serviços de saúde.

Já quanto à polémica questão da apreensão de telemóveis a pessoas que estão em confinamento e das queixas que estas apresentaram, em vídeos publicados, nas redes sociais, o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, disse que "estamos num momento de crise. E quando assim é, nós temos todos de entender esta situação que é nova".

"Muitas das reacções que estão a surgir são reacções normais no contexto que se está a viver e é necessário que tenhamos esse entendimento e procurar entender o que está por trás de determinadas reacções", disse o ministro acrescentando que "nada é perfeito e ninguém defende a perfeição e é fundamental que antes de julgar busquemos as causas para determinadas reacções".

Arlindo do Rosário anunciou ainda que, nos espaços onde foram gravados os vídeos, esteve presente um grupo de psicólogos que organizou uma reunião "com as pessoas que estão em isolamento exactamente com o propósito de procurar entender as motivações e a ansiedade que estas pessoas estão a passar".

O ministro garantiu ainda, a concluir, que os técnicos de saúde estão a fazer todos os possíveis para "diminuírem esse quadro de ansiedade que normalmente existe".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,7 mai 2020 18:29

Editado porSara Almeida  em  27 nov 2020 23:21

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.