Coronavírus: O dia em revista

PorSheilla Ribeiro,19 jun 2020 18:55

Cabo Verde já soma 849 casos acumulados de COVID-19 e oito óbitos. A paciente, de apenas 31 anos, é contacto de um caso que já tinha sido confirmado.

Na conferência diária, o Director do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças, Jorge Barreto, descartou a possibilidade de a mulher ter contraído a doença no Hospital Agostinho Neto.

Segundo as informações fornecidas pelo hospital à Direcção Nacional de Saúde, a "senhora foi submetida a uma cesariana porque apresentava um estado crítico. Inicialmente pensava-se numa complicação da gravidez, mesmo colocando-se a hipótese de infecção pelo coronavírus". Foi então submetida a uma cesariana de urgência numa tentativa de os médicos "ainda resolverem a situação se esta fosse causada pela gravidez".

Durante o estado de emergência o governo injectou mais de 3.500 milhões de escudos na economia, através de liquidação de milhares de facturas pendentes e com a aceleração do reembolso de IVA, segundo um relatório governamental com dados do Ministério das Finanças.

Dados citados no mesmo relatório indicam que foram processadas 136 devoluções, no valor de mais de 280 milhões de escudos (2,5 milhões de euros).

O governo iniciou hoje audições com associações empresariais, partidos políticos e organizações da sociedade civil para apresentar a proposta do Orçamento do Estado Rectificativo para 2020, antes de seguir para o parlamento, conforme anunciou o vice-primeiro-ministro.

Numa nota, Olavo Correia esclarece que após estas consultas, “a proposta será apresentada em Conselho de Concertação Social” e, em “finais de Junho”, levada a discussão e votação na Assembleia Nacional.

Dados do estudo “Conhecimentos, atitudes e práticas sobre a COVID-19 (CAP)” mostram que 87,48% dos cabo-verdianos admitem que o país pode vencer a luta contra a COVID-19.

De acordo com o estudo, a maior parte dos participantes (76,15%) demonstrou confiança de que o novo coronavírus será finalmente controlado e 87,48% admitiram que Cabo Verde pode vencer a luta contra a COVID-19. Apenas 12,52% não confiam no sucesso do país nessa luta.

Os dados mostram que a maioria dos inqueridos tiveram comportamentos assertivos, 96,49% não frequentaram festas, funerais ou locais lotados e 93,19% confirmaram mudanças de rotinas diárias devido à COVID-19.

COVID-19 no Mundo

Brasil tem 47.897 mortes por coronavírus confirmadas até esta sexta-feira (19), de acordco um levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Na Itália, um estudo detectou amostras do vírus que causa COVID-19 nas águas residuais de Milão e Turim em meados de Dezembro, o que confirmaria que o coronavírus já estava presente no país muito mais cedo do que se pensava.

A antiga primeira-dama moçambicana Graça Machel defendeu esta quinta-feira que as mulheres devem liderar e estar no centro da resposta africana à COVID-19, considerando que a pandemia é uma oportunidade de reconstruir uma sociedade mais equitativa.

"A COVID-19 colocou em evidência o fardo que as mulheres carregam. Foi-nos apresentada a oportunidade de reimaginar e reconceber uma sociedade mais equitativa e devemos colocar as mulheres e a liderança das mulheres no centro da resposta [à pandemia] e para lá da mesma", defendeu Graça Machel, num artigo de opinião hoje divulgado pela Graça Machel Trust e Foundation for Community Development, de que é fundadora.

Números mundiais

Ao fim da tarde desta sexta-feira, contabilizavam-se 8,649,131 casos de infecção em todo o mundo, 4,573,965 dos quais recuperados. O número de mortes é de 458,104.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,19 jun 2020 18:55

Editado porSheilla Ribeiro  em  24 set 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.