Boa Vista volta a registar casos de infecção por coronavírus

PorSara Almeida,26 ago 2020 19:08

Dos 62 casos de COVID-19 hoje diagnosticados, quatro foram registados na Boa Vista, a ilha onde foi identificado o primeiro paciente da doença, mas que há várias semanas não apresentava novos casos. São Filipe, no Fogo, entrou hoje pela primeira vez na lista de concelhos afectados, com dois casos diagnosticados. E entretanto, no combate à COVID-19, já mais de 90 profissionais de saúde ficaram infectados.

No Boletim epidemiológico destaca-se a morte de mais uma pessoa infectada, desta vez na ilha do Fogo, óbito esse que decorreu na noite de ontem. Trata-se de um senhor, de 67 anos, que padecia de vários outros problemas de saúde.

Hoje de acordo com essa fonte, num total de 340 resultados recebidos, somam-se 62 novos casos positivos, dos quais os referidos 4 casos na Boa Vista, e 2 em São Filipe, concelho que até hoje não tinha apresentado infecções.

Na habitual conferência de imprensa sobre a COVID-19, o Director Nacional de Saúde, reforçou que é expectável que o vírus acabe por afectar todas as ilhas de Cabo Verde, sendo que o grande objetivo das autoridades de saúde, hoje como no início da pandemia, é retardar esse aparecimento, gerindo contágios de modo a não sobrecarregar o sistema nacional de Saúde. Um objetivo que no entender de Artur Correia, tem sido atingido.

O DNS especificou, no que toca aos novos casos que surgiram na Boa Vista, que o seu diagnóstico decorre das acções de vigilância e investigação epidemiológica desencadeada a partir de “um caso que veio da Boa Vista e que foi detectado no Hospital Agostinho Neto”.

“Imediatamente accionamos a delegacia, que fez a investigação em todos os contactos dessa pessoa e conseguiu detectar precocemente mais 4 casos. Desde o momento em que se iniciou [essa acção] e que foi desde há já alguns dias, estão em isolamento e devidamente sobre controlo das autoridades sanitárias”. Todos os casos estão assintomáticos e em isolamento domiciliar, sob termo de compromisso de cumprimento das orientações das autoridades.

“São pessoas que moram sozinhas e se responsabilizaram em cumprir essas obrigações”, disse o DNS.

Entretanto aos casos da Boa Vista e ao Filipe juntam-se 5 no Sal; 6 em Mosteiros e em Santiago, 4 no Tarrafal, 5 em São Domingos, 2 em Santa Cruz. Os restantes 34, são do concelho da Praia, sendo que desses 19 dizem respeito a amostras de dia 18 de Agosto, ou seja, colhidas há cerca de uma semana.

Não avançando explicações sobre a demora no processamento dessas amostras, Artur Correia destaca que em termos de compreensão da dinâmica desta epidemia, interessam fundamentalmente os casos acumulados a cada semana, e que são congregados e divulgados nos Balanços de Segunda-feira.

Com uma média de entre 250 a 270 casos nas últimas cinco semanas, o responsável acredita que a epidemia está “relativamente” sob controlo na maior parte das ilhas, incluindo Santiago, sendo de esperar, no entanto, que com o surgimento dos novos focos – em particular o Fogo - os números possam subir.

Hoje há ainda a registar, 40 recuperados (Praia 25, Ribeira Grande de Santiago 5, São Domingos 1, Tarrafal 2, Sal 7). Com esta actualização, o país passa a contabilizar 877 casos ativos, 2713 recuperados, 38 óbitos, 2 transferidos e um total de 3630 casos positivos acumulados de COVID19.

93 profissionais infectados

Entretanto, na conferência de imprensa, Artur Correia, avançou ainda que desde do início da pandemia em Cabo Verde, que ocorreu em Março, já 93 profissionais de saúde ficaram infectados com o novo coronavírus. A maior parte desses profissionais, 70, encontra-se sem supressa no concelho da Praia, incluindo a “nível hospitalar”. Segue-se o concelho do Sal com 19. Santa Catarina de Santiago soma já quatro casos de profissionais de saúde infectados e os concelhos de Ribeira Grande de Santiago, santa Cruz, São Lourenço dos Órgãos, 1 em cada.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,26 ago 2020 19:08

Editado porSara Almeida  em  30 nov 2020 23:21

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.