UNTC-CS não reconhece plataforma sindical constituída por doze dos sindicatos

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,23 nov 2020 12:14

Fernando Balde, Manuel Barros
Fernando Balde, Manuel Barros Rádio Morabeza

A UNTC-CS não reconhece nenhum grupo e "muito menos" nenhuma plataforma, pelo facto de ter sido criada à revelia dos estatutos da organização sindical. Esta é a posição da central sidnical sobre a criação recente da plataforma sindical, constituída por doze dos sindicatos filiados na UNTC-CS, que dizem querer “resgatar” a organização, liderada por Joaquina Almeida.

Em conferência de imprensa, na cidade da Praia, Fernando Baldé, da Comissão Permanente, declara que a secretaria-geral é um órgão singular, que não depende de nenhum sindicato e de nenhuma outra estrutura, pelo que pode visitar empresas e trabalhadores.

Fernando Baldé avança que só se resgata qualquer coisa que esteja à deriva, o que não será o caso da UNTC-CS.

"Instamos os sindicatos a cumprirem com os estatutos, porque o oitavo congresso será realizado no período próprio, mas com o amparo da legalidade. As declarações do senhor Tomas presidente do SIMATEC, são ilegítimas e de ma fé, ele e os seus camaradas defendem problemas pessoais, não se interessam pelos problemas dos trabalhadores, particularmente dos marítimos, que estão abandonados a sua sorte há mais de 20 anos", avança.

Baldé diz ainda que o grupo de doze sindicatos tem uma dívida no valor de dois mil contos, e que sem esse dinheiro não é possível realizar o conselho nacional, reivindicado pela plataforma.

"As cotas geralmente são para o funcionamento, mas o que que se faz, se todos os sindicatos cumprirem significa que restará uma parte, que nós podemos pedir os nossos parceiros, para realizar um conselho nacional que custa mais de um milhão de escudos, imagina se nós temos sindicatos a não pagar cotas como é que vamos realizar o conselho nacional? Eu acho que os próprios sindicatos não querem o conselho nacional, se quisessem cumpririam com o estatuto e haveria o conselho nacional", explica.

Fernando Baldé, termina dizendo que não se pode exigir da UNTC-CS, quando os próprios doze sindicatos não estão a cumprir com os estatutos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,23 nov 2020 12:14

Editado porAndre Amaral  em  23 jan 2021 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.