UNTC-CS está "em contramão com a verdade" - INPS

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,28 abr 2020 14:22

 Presidente da comissão executiva do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), Orlanda Ferreira
Presidente da comissão executiva do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), Orlanda FerreiraRádios Morabeza

Os beneficiários do rendimento solidário (RSO) estão inscritos e contribuem para o sistema de previdência social. Garantia deixada pela presidente da comissão executiva do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), Orlanda Ferreira, ao falar esta manhã, em conferência de imprensa, na Praia.

É a resposta da instituição à secretária-geral da UNTC-CS, Joaquina Almeida, que ontem acusou o INPS de beneficiar pessoas que não contribuem para o sistema e de fazer “propaganda enganosa”.

“Com efeito, o Instituto Nacional de Previdência Social, enquanto órgão administrativo responsável pela protecção social obrigatória, em cumprimento ao estabelecido nos dispositivos legais procede ao pagamento do RSO, dos trabalhadores do REMPE, e ainda garante os direitos conferidos no âmbito da suspensão de contrato de trabalho, conforme foi devidamente informado e tornado publico através dos informações veiculadas nas rádios, no portal do INPS e incluindo na página oficial do INPS no facebook”, explica.

No que diz respeito à acusação de “propaganda enganosa”, Orlanda Ferreira refere que a secretária-geral da UNTC-CS está "em contramão com a verdade".

“Os segurados dos regimes de trabalhadores liberais e domésticos, não estão contemplados ainda no campo pessoal de subsídio de desemprego, em cumprimento das normas legais aplicáveis a matéria, ao princípio de integração faseada introduzida na lei, tendo em atenção as especificidades destes dois regimes. Dai estranhar tais afirmações, cujo intuito parece ser exclusivamente confundir a população num momento de solidariedade”, avança.

Orlanda Ferreira recorda que a decisão da criação e o enquadramento do subsídio de desemprego foi aprovada em sede do Conselho de Concertação Social, onde a UNTC-CS tem lugar.

Recorde-se que a União Nacional dos Trabalhadores de Cabo Verde, Central Sindical (UNTC-CS) acusou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) de beneficiar pessoas que não contribuem para o sistema e de fazer “propaganda enganosa” aos trabalhadores cabo-verdianos. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,28 abr 2020 14:22

Editado porSara Almeida  em  6 ago 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.