CNDHC socializa Estudo sobre Exercício da Cidadania em Saúde em Cabo Verde

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,22 jun 2021 12:20

Presidente da CNDHC, Zaida Morais de Freitas
Presidente da CNDHC, Zaida Morais de Freitas Rádio Morabeza

Ainda faltam especialistas em diversas áreas de Saúde em Cabo Verde. Esta é uma das conclusões saídas do Estudo sobre Exercício da Cidadania em Saúde, realizado pela Comissão Nacional para os Direitos Humanos e a Cidadania (CNDHC), socializado esta manhã na cidade da Praia.

A presidente da CNDHC, diz que a pesquisa permite perceber que alguns grupos, sobretudo os mais vulneráveis, têm dificuldade em aceder a serviços de saúde de qualidade.

"E aqui nós falamos de pessoas mais pobres, de pessoas com deficiência, de idosos, a comunidade imigrante que também, pelo facto de os que não têm a sua situação regularizada impede-lhes de ter acesso a protecção social, e portanto, não conseguem usufruir dos medicamentos com o apoio social, e portanto, situações também que reportam uma necessidade de uma intervenção de todos os intervenientes", explica.

O estudo também fez a avaliação do exercício da cidadania em saúde, em Cabo Verde, comparando os períodos antes e durante a pandemia.

Zaida Morais de Freitas diz que houve um esforço do governo nas questões relacionadas com a pandemia e alguma dificuldade em trabalhar da melhor forma as outras questões de saúde.

''Relativamente à saúde em si, a maior preocupação tem a ver também com a necessidade de termos uma comunicação mais direccionada para públicos alvos diferentes, porque a resolução desta crise ela passa muito pelo exercício da cidadania, e aí nós até entendemos que, se o cidadão se calhar tivesse uma melhor literacia em saúde, ou seja, tivesse competências para melhor lidar com as questões relacionadas com a sua saúde, os autocuidados, e a saúde dos outros, e ter uma postura mais participativa na definição e implementação das politicas públicas da saúde, talvez tivesse sido mais fácil resolvermos esta questão da pandemia " explica.

O estudo sobre Exercício da Cidadania em Saúde em Cabo Verde teve como finalidade fazer um diagnóstico da efectivação do direito à saúde, avaliar o nível de satisfação dos cidadãos relativamente à qualidade dos serviços de saúde e apresentar recomendações sobre medidas e políticas públicas a adoptar.

Para a elaboração do estudo, a Comissão Nacional para os Direitos Humanos e a Cidadania contou com o financiamento das Nações Unidas. A pesquisa foi feita por um grupo de investigadores da Universidade de Santiago.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,22 jun 2021 12:20

Editado porAndre Amaral  em  23 jan 2022 23:20

pub.

pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.