Cadernos eleitorais serão desmaterializados - Ministra da Justiça

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,30 ago 2021 13:35

Ministra da Justiça, Joana Rosa
Ministra da Justiça, Joana Rosa Rádio Morabeza

A ministra da Justiça disse hoje que os cadernos eleitorais serão digitais. Deste modo, depois das eleições, será possível, por exemplo, saber a idade de quem foi às urnas ou de quem não exerceu o seu direito de voto.

Joana Rosa falava aos jornalistas após o término de uma visita efectuada à Direcção-Geral de Apoio ao Processo Eleitoral (DGAPE).

Com a desmaterialização dos cadernos eleitorais, será possível ter alguns elementos de análise na noite eleitoral.

"Isso significa que após as eleições vamos saber a faixa etária dos eleitores que foram às urnas, vamos poder ter alguns elementos de analise para a noite eleitoral, e termos já elementos em relação aos que foram votar e aos que não foram votar ", avança.

Joana Rosa diz que, das legislativas até agora, houve um número significativo de novos inscritos. 

"Por exemplo, no país tivemos sete mil novecentos e dezoito inscritos, na diáspora tivemos cinco mil e oitenta e seis inscritos, isso significa que as pessoas já estão também a dar muita importância às eleições presidenciais. Num curto espaço de tempo, ter-se um número significativo de eleitores inscritos, já diz que os cabo-verdianos estão a interessar-se muito pelo processo eleitoral", considerou.

A ministra da Justiça aproveitou a oportunidade para fazer um apelo ao voto nas eleições de 17 de Outubro.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,30 ago 2021 13:35

Editado porSara Almeida  em  18 set 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.