A criminalidade em Cabo Verde é gritante – PAICV

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,19 abr 2022 11:48

Conselheiro da Comissão Política do PAICV, Óscar Rodrigues
Conselheiro da Comissão Política do PAICV, Óscar Rodrigues Rádio Morabeza

A situação da criminalidade em Cabo Verde é gritante e as pessoas vivem de forma extremamento intranquila. A afirmação é do conselheiro da comissão Política do PAICV, esta manhã em conferência de imprensa na cidade da Praia

Óscar Rodrigues diz que há pessoas que tem medo de saírem à rua à noite.

"A situação da criminalidade é gritante em Cabo Verde. Falando da nossa região, Cidade Velha, São Domingos, e Praia, normalmente todas as segundas-feiras os tribunais estão lotados, com crimes de droga de pequena dimensão. São pessoas que depois da pandemia usam e abusam da "padjinha", das drogas. E também há situações de assalto e roubos. As pessoas estão a viver de uma forma extremamente intranquila e é alarmante. Em qualquer parte, as pessoas estão com medo de se dirigirem aos supermercados, de saírem à noite, e há na cidade da Praia muitos investimentos que as pessoas fizeram depois da pandemia, e com a retoma estão condicionados porque as pessoas estão com medo de se dirigirem a esses espaços ”, explica.

Óscar Rodrigues avança que o PAICV quer trazer uma oposição substancial, no sentido de novos investimentos, para dar resposta a essa situação de criminalidade.

''Porque a sobrelotação das cadeias, e a situação da criminalidade é gritante, e há uma situação de medo, intranquilidade. As pessoas vivem com liberdade condicionada. Em democracia não se pode exigir que as pessoas fiquem em casa principalmente em situações em que não vão ter com os investimentos feitos, ou não vão aos bares, não vão a determinados lugares, porque efectivamente o medo, intranquilidade, e insegurança é gritante ", insiste.

O conselheiro da comissão Política do PAICV, Óscar Rodrigues, diz que quer ver o governo a tomar novas medidas porque as que foram tomadas durante estes seis anos, não são duras, e precisam ser mais robustas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,19 abr 2022 11:48

Editado porA Redacção  em  25 mai 2022 9:19

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.