PR defende adopção do voto electrónico

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,19 dez 2022 14:21

Conferência da CNE
Conferência da CNE Rádio Morabeza

O presidente da República reafirma a necessidade do voto electrónico no país. José Maria Neves falava ao presidir à sessão de abertura da conferência “O futuro da democracia em Cabo Verde – Desafios e Perspectivas”, no quadro das actividades de comemoração do 28° aniversário da Comissão Nacional de Eleições.

O Chefe de Estado recorda que há mais de dez anos que se pensa na possibilidade do voto electrónico em Cabo Verde.

"No tocante ao processo, defendemos que se deve melhorar tudo que pode ser melhorado. Tal é o caso da introdução do sistema avançado do voto electrónico, já praticado em alguns países, com destaque para o Brasil, com bastante sucesso. Recordo que há mais de dez anos que já se admitiu essa possibilidade em Cabo Verde, no quadro do projecto SNIAC, e que alguns passos já tinham sido dados nesse sentido, pelo que seria interessante retomarmos esse dossier, analisando as condições para a sua implementação, designadamente os consensos entre os principais actores políticos, que antes não tinham sido possíveis", avança.

A presidente da Comissão Nacional de Eleições, Maria Do Rosário Gonçalves, realça estarem em curso estudos para que o voto electrónico não coloque em causa os ganhos conseguidos com o processo eleitoral tradicional. 

“Ainda só a nível de estudos, embora a legislação eleitoral deixe-nos a possibilidade de fazermos uma experiência piloto em termos de votação electrónica. Pensamos que ainda é um caminho que tem que ser feito, com muita serenidade, com uma base de estudo bastante forte, para que a eventual adopção de voto electrónico não venha pôr em causa os ganhos que nós já temos com o nosso processo eleitoral tradicional ou manual", explica. 

Maria Do Rosário Gonçalves acredita que é possível implementar o voto eletrónico em Cabo Verde, uma vez que o país tem uma base tecnológica forte. Contudo, sublinha que é preciso trabalhar a questão da confiança, sobretudo dos partidos políticos, na utilização das novas tecnologias eleitorais.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,19 dez 2022 14:21

Editado porSara Almeida  em  27 jan 2023 10:20

pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.