MpD convicto de que metas para renováveis serão atingidas

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,23 mai 2023 14:09

Deputada do MPD, Vanuza Barbosa
Deputada do MPD, Vanuza Barbosa Vanuza Barbosa diz que as metas foram definidas mediante um estudo e que todas as condições estão reunidas para alcançá-las. "2026 vamos ter 30% de cobertura, 2030, 50%. E o objectivo é até 2040 estarmos a 100% de energias renováveis. O que não nos falta em Cabo Verde é sol e vento e também podemos explorar outras formas de energias renováveis, como a energia hídrica do mar e o carbono verde. Portanto, há todo um estudo a ser feito para que possamos explorar outras formas de aproveitar as nossas potencialidades enquanto recursos para as energias renováveis aqui em Cabo Verde", assegura. No que diz respeito à lei que estabelece o regime financeiro dos municípios, Vanuza Barbosa comenta que o grupo parlamentar do MpD está aberto à proposta. "O que nos cabe nesses casos é analisar de forma tranquila as propostas e absorver aquilo que for possível. Como eu disse, as propostas são bastante similares. Estamos a trabalhar para que possamos efectivamente adoptar os melhores instrumentos para a funcionalidade dos municípios de Cabo Verde e dar-lhes autonomia financeira para que possam desempenhar cabalmente as suas funções”, realçou A segunda sessão ordinária da Assembleia Nacional arranca amanhã e decorre até 26 de Maio.

O MpD garante que o governo vai atingir as metas estabelecidas para a transição energética de Cabo Verde. Posição defendida pela deputada do partido maioria, Vanuza Barbosa, esta manhã, em conferência de imprensa de balanço das jornadas parlamentares.

Vanuza Barbosa diz que as metas foram definidas mediante um estudo e que todas as condições estão reunidas para alcançá-las.

"2026 vamos ter 30% de cobertura, 2030, 50%. E o objectivo é até 2040 estarmos a 100% de energias renováveis. O que não nos falta em Cabo Verde é sol e vento e também podemos explorar outras formas de energias renováveis, como a energia hídrica do mar e o carbono verde. Portanto, há todo um estudo a ser feito para que possamos explorar outras formas de aproveitar as nossas potencialidades enquanto recursos para as energias renováveis aqui em Cabo Verde", assegura.

No que diz respeito à lei que estabelece o regime financeiro dos municípios, Vanuza Barbosa comenta que o grupo parlamentar do MpD está aberto à proposta.

"O que nos cabe nesses casos é analisar de forma tranquila as propostas e absorver aquilo que for possível. Como eu disse, as propostas são bastante similares. Estamos a trabalhar para que possamos efectivamente adoptar os melhores instrumentos para a funcionalidade dos municípios de Cabo Verde e dar-lhes autonomia financeira para que possam desempenhar cabalmente as suas funções”, realçou

A segunda sessão ordinária da Assembleia Nacional arranca amanhã e decorre até 26 de Maio.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,23 mai 2023 14:09

Editado porAndre Amaral  em  17 fev 2024 23:28

pub.

pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.