Binter suspende vendas a partir de 28 de Outubro

"São Vicente está ganhando uma nova dinâmica e as famílias melhores condições de vida"

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,19 abr 2018 12:42

1

Vander Gomes, Maria Trigueiros, Maria da Luz Azevedo, Flávio Lima
Vander Gomes, Maria Trigueiros, Maria da Luz Azevedo, Flávio Lima(Rádio Morabeza)

Com a Governação do MpD, São Vicente vai "poder sair das profundezas do porto de águas profundas para onde foi atirado". A convicção é da Comissão Política Concelhia do partido na ilha do Monte Cara.

A força política justifica a sua posição com alguns projectos de investimento previstos para a ilha, nomeadamente o terminal de cruzeiros, a asfaltagem da estrada cidade/Baía das Gatas, com requalificação da referida baía, os projectos privados de construção de dois complexos turísticos em Salamansa e na Laginha e a iniciativa da Electra para aumento da produção de energia e água.

A líder regional do MpD, Maria Trigueiros, falava hoje em conferência de imprensa, no Mindelo, em jeito de balanço de dois anos de governação do MpD.

“Investimentos estão a ser feitos, postos de trabalho irão aumentar, São Vicente está ganhando uma nova dinâmica e as famílias melhores condições de vida. Depois de muitos anos, São Vicente vai poder sair das profundezas do porto de águas profundas para onde foi atirado sem data para sair”, entende.

O partido considera que o cenário económico começou a mudar e que o desemprego está a diminuir.

“A economia cresce e vai, seguramente, continuar a crescer. Postos de trabalho vão sendo criados, fazendo baixar a taxa de desemprego. Na parte social, já se fez a reabilitação de cerca de 50 moradias e o projecto continua. Nos sectores comercial e industrial, procedeu-se à introdução de políticas de alívio fiscal ou condições especiais de pagamento junto das finanças, permitindo assim aos empresários sair da situação de asfixia ou de falência em que se encontravam”, diz.

No sector da saúde, Maria Trigueiros destaca a entrada em funcionamento do bloco ambulatório e do centro de diálise do Hospital Baptista de Sousa, a aquisição de equipamentos médicos e a remodelação do Centro de Terapia Ocupacional em Ribeira de Vinha. 

A responsável destaca também a melhoria do relacionamento entre o Governo e o poder local.

Posto isto, questiona a posição do PAICV, que diz que São Vicente encontra-se num marasmo económico.

“Porque é que o PAICV quer tanto mal a são Vicente e à Cabo Verde?", pergunta.

O MpD em São Vicente avalia positivamente os dois anos de governação do executivo de Ulisses Correia e Silva.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,19 abr 2018 12:42

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  25 set 2018 3:22

1

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.