TSA "põe em causa competitividade" turística de Cabo Verde

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,22 ago 2018 14:54

1

Secretario-geral do PAICV , Julião Varela
Secretario-geral do PAICV , Julião Varela(Rádio Morabeza)

​O Governo isenta de visto alguns turistas e, para compensar, põe os cabo-verdianos a pagar. É desta forma que o PAICV analisa a Taxa de Segurança Aeroportuária, aprovada pelo Governo. A reacção surge pela voz do secretario-geral, Julião Varela, que falava esta manhã, em conferência de imprensa, na Praia.

A medida, acredita o maior partido da oposição, coloca em causa a competitividade do destino.

“Veja-se, uma medida que, antes, era para aumentar o fluxo turístico, se transformou numa medida que põe em causa a competitividade do destino Cabo Verde, pois aumenta a taxa para todos, estrangeiros e nacionais", afirma. 

"Para os turistas que não sejam da União Europeia e do Reino Unido, como por exemplo, dos EUA, América do Sul, Ásia, Médio Oriente e, sobretudo, a comunidade africana, para além de pagarem uma taxa mais elevada, ainda pagam o visto", acrescenta.

Julião Varela diz que o Governo deveria, ao invés, dar continuidade à discussão do acordo multilateral de céu aberto

“Vale recordar que o Governo do PAICV realizou, sobre essa matéria, uma conferência, em 2012, e elaborou um termo de referência, que foi submetido à União Europeia, em 2014. Na sequência, foi realizado um estudo sobre o impacto económico das liberdades aéreas”, aponta.

O Conselho de Ministros fixou a Taxa de Segurança Aeroportuária em 3.400$00, nos voos internacionais, e em 150$00, nos voos domésticos. Nas ligações internas, a taxa é obrigatória para todos os passageiros. Na operação internacional, ficam isentos os titulares de passaporte cabo-verdiano.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,22 ago 2018 14:54

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 set 2018 3:22

1

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.