Presidente pede mais celeridade na reforma das Forças Armadas

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,9 jan 2019 7:16

Presidente da República
Presidente da República

​O Presidente da República garantiu terça-feira que, em articulação com o Governo, está empenhado para que as Forças Armadas (FA) tenham cada vez mais um “tratamento adequado” e pediu mais celeridade no processo da reforma da instituição castrense.

Jorge Carlos Fonseca disse que se deve acelerar o processo de discussão e aprovação de “instrumentos legislativos importantes” para a “alargar e consolidar” as reformas em curso no seio das Forças Armadas.

“Tenho recebido o compromisso do Governo de que este ano de 2019, num prazo curto, o Governo irá agendar o debate e aprovação destes diplomas fundamentais para as Forças Armadas”, afiançou, adiantando que no dia 15 vai presidir à cerimónia da comemoração do Dia das Forças Armadas, que este ano tem como palco a cidade do Mindelo, em São Vicente.

O Presidente da República fez estas declarações na cerimónia de apresentação de cumprimentos de ano novo do Chefe do Estado Maior das FA, Anildo Morais, à frente de uma delegação constituída por militares e civis ligados à instituição.

Enalteceu, por outro lado, a actuação das Forças Armadas cabo-verdianas, no “estrito respeito dos princípios e das normas da Constituição da República”.

Apesar das dificuldades e constrangimentos de ordem financeira, apelou aos militares a prosseguirem a sua “nobre missão”, sempre com a postura de respeito e “potenciação de credibilidade”, enquanto instituição de “natureza republicana ao serviço da Pátria e dos cabo-verdianos”.

Por sua vez, o chefe do Estado Maior, alinhando pelo mesmo diapasão, augurou que ao longo deste ano sejam “revistos e aprovados” alguns diplomas “estruturantes” que, segundo ele, se mostram necessários, nomeadamente o regulamento de disciplina militar, a lei orgânica das Forças Armadas e o estatuto dos militares.

Para Anildo Morais, a aprovação desses instrumentos legislativos daria um “novo fôlego” às FA.

“O ano de 2019 será, com certeza, um ano de realizações e da nossa parte tudo faremos para conseguir alcançar os patamares desejados”, assegurou Anildo Morais.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,9 jan 2019 7:16

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  24 jun 2019 23:22

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.