Câmara de São Vicente refuta acusações de abandono das infra-estruturas municipais

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,23 abr 2019 16:33

Augusto Neves
Augusto Neves(Rádio Morabeza)

O presidente da Câmara Municipal de São Vicente nega as acusações de alegado abandono das infra-estruturas municipais. Augusto Neves responde assim às acusações dos responsáveis políticos do PAICV e da UCID, em São Vicente, que nos últimos dias denunciaram o mau estado da lixeira e da ETAR da ilha.

O edil sanvicentino, que falava hoje em conferência de imprensa, esclarece que a autarquia está a trabalhar com o governo num plano estratégico de prevenção e gestão de resíduos sólidos.

“E a implementação de planos operacionais em São Vicente, que consistem na implementação do sistema de recolha, transporte e valorização dos resíduos sólidos, um trabalho já começado e que a recolha está bastante satisfatória. Desenvolvimento de infra-estruturas de tratamento e destino final, um processo que também temos vindo a trabalhar há muito tempo”, afirma.

Sem avançar datas, Augusto Neves afirma que a lixeira será desactivada com a criação do aterro sanitário.

Em relação à Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), na Ribeira de Vinha, segundo o autarca, está em curso a instalação de equipamentos de controlo de qualidade das águas residuais, levantamento do muro, para além de trabalhos de limpeza das lagoas, financiadas através do Fundo do Ambiente.

Sobre as denuncias de falta de políticas públicas para a ilha de São Vicente, Neves recorda que o Plano Director Municipal foi aprovado há vários anos, mas não foi homologado pelo anterior governo, sustentado pelo PAICV.

Augusto Neves garante que o executivo está empenhado na resolução dos problemas ambientais na ilha.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,23 abr 2019 16:33

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 set 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.