Ano lectivo arranca a 23 de Setembro. Governo promete inicio sem sobressaltos

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,12 jun 2019 8:08

Martiza Rosabal
Martiza Rosabal

O ano lectivo 2019/20 vai arrancar no dia 23 de Setembro, informou terça-feira a ministra da Educação, Martiza Rosabal, que indicou que tudo está a ser preparado para evitar atrasos na disponibilização dos manuais e na colocação dos professores.

A governante, que falava durante uma audição parlamentar sobre os preparativos para o próximo ano lectivo, disse que para evitar problemas registados durante este ano lectivo, o processo de recrutamento de novos professores foi iniciado já em Maio, devendo estar concluído a 16 de Agosto.

“O objectivo é no dia do inicio do ano escolar, a 02 de Setembro, termos já os professores recrutados. Está tudo calendarizado e está indo sem problema”, disse a ministra.

Maritza Rosabal falou também dos manuais e indicou que, neste momento, tudo está a ser feito para que os alunos tenham os seus manuais a tempo e horas e com os conteúdos adequados ao novo plano curricular.

“Já temos impressos, em stock ou nas gráficas, 26 manuais escolares. Destes, há 16 na Tipografia Santos e três na Gráfica da Praia e 16 que estão no processo de revisão, prevendo-se a entrega nos próximos dias”, precisou a ministra.

Para o próximo ano lectivo, o Ministério da Educação elegeu como tema central a questão da protecção social das crianças e dos adolescentes.

Conforme indicou, trata-se de um tema importante que tem preocupado toda a sociedade.

“Há uma série de campanhas a decorrer, mas nós temos que trabalhar com as famílias e a escola é um importante veículo. Os temas a serem tratados são a questão do abuso sexual, dos maus-tratos e trabalho infantil, mas também oferta de cuidados”, disse.

Um outro elemento importante, para o próximo ano lectivo, são tecnologias nas escolas.

Maritza Rosabal anunciou a introdução de um módulo sobre a tecnológica a partir do 5º ano de escolaridade e o aumento da conectividade. A ideia, segundo indicou, é que todas as escolas tenham acesso à Internet.

De 22 a 26 de Julho vai ser realizado um atelier nacional sobre tecnologias nas escolas, para a preparação de todo o processo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,12 jun 2019 8:08

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  23 ago 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.