MpD reconhece falhas de comunicação interna e externa no seio do partido

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,12 mar 2020 10:34

A secretária-geral do Movimento para a Democracia (MPD), Filomena Delgado, reconheceu esta quarta-feira que o partido precisa reorganizar-se para responder melhor às falhas existentes na comunicação interna e externa.

Filomena Delgado, que falava aos jornalistas à margem da primeira reunião da nova Comissão Política Nacional (CPN) do partido, eleita na XIIª Convenção Nacional do MpD, que decorreu nos dias 06 e 07 deste mês, realçou que é necessário que os diferentes órgãos cumpram com as suas atribuições.

A responsável adiantou que a questão da comunicação interna e externa foi um tema muito debatido durante a convenção, tendo alguns militantes do partido reconhecido que essa comunicação está mal, daí a necessidade de reorganização para responder às demandas.

Segundo a secretária-geral, essa comunicação e a acção política do partido terão de ter em conta o sector da educação, saúde, cultura, desenvolvimento sustentável, aspectos que constam na moção estratégica aprovada na última convenção.

A secretária-geral do partido, conforme explicou, será coadjuvada nas suas funções por seis secretários adjuntos, nomeadamente Alexandre Monteiro, para a relação das estruturas concelhias, Nadine Janete Tavares, para a relação com as mulheres, Carlos do Canto Monteiro, para a comunicação e marketing político, António Barbosa Mendes, base de dados e georreferenciação do MpD, Euclides Silva, Juventude, e Emanuel Barbosa, para a relação com as estruturas da diáspora.

“O MpD terá de organizar-se para responder às propostas e aos compromissos assumidos na moção de estratégia, como, por exemplo, a questão de proximidade aos militantes, a questão do funcionamento de todo o sistema do MpD, Governo, deputados, presidentes das câmaras e assembleias municipais, comissão política nacional, concelhias, JpD, associação das mulheres democráticas, aumento de número de militantes e a questão da abertura a sociedade”, acrescentou.

Durante o encontro, seria nomeado ainda o presidente da academia do MpD e sua equipa e sairiam as orientações para a operacionalização da moção estratégica aprovada na última convenção do partido.

A nomeação do coordenador do Observatório do Poder Local constava da agenda do encontro, mas foi retirada para uma melhor reorganização.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,12 mar 2020 10:34

Editado porSara Almeida  em  8 dez 2020 23:21

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.