Presidente da República pede reforço de medidas de prevenção em Santiago e Boa Vista

PorExpresso das Ilhas, Lusa,11 mai 2020 7:58

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, pediu este domingo um reforço das medidas de prevenção da COVID-19 nas ilhas de Santiago e Boa Vista, a poucos dias do fim do terceiro período de estado de emergência. Amanhã, o chefe de Estado reune-se com o governo para balanço da situação.

Numa nota divulgada este domingo, o chefe de Estado começou por notar que o país estava [ontem] a cinco dias do final da segunda prorrogação do "estado de emergência" vigente nas ilhas de Santiago e da Boa Vista.

"Continuo a acompanhar muito de perto e a informar-me sobre a evolução da epidemia no país e, em especial, nas duas mencionadas ilhas, sem esquecer a situação nas demais regiões de Cabo Verde onde se vive o que se convencionou chamar 'o pós-emergência'", escreveu Jorge Carlos Fonseca.

E nestes dias que faltam, o Presidente pediu a todos, autoridades e cidadãos, que reforcem as medidas de prevenção, nomeadamente, as de confinamento domiciliar.

"Comprovadamente eficientes para evitar a propagação da doença, e, sobremaneira, os meios de cumprimento daquelas medidas. Exigência de cumprimento de inquestionável legitimidade constitucional (e legal)", reforçou.

O mais alto magistrado da nação considerou ainda que se deve sempre "aprimorar" o quadro normativo constitucional e legal, no estabelecimento das medidas restritivas de direitos fundamentais.

Para terminar a mensagem, Jorge Carlos Fonseca informou que reúne-se na terça-feira com o Governo e demais autoridades e técnicos para fazer uma avaliação da situação de execução do estado de emergência nas ilhas de Santiago e da Boa Vista.

Nas ilhas de Santiago e da Boa Vista está em vigor o terceiro período de estado de emergência até às 24h00 de 14 de Maio.

Cabo Verde regista um total acumulado de 246 casos de COVID-19, desde o primeiro em 19 de Março, distribuídos pelas ilhas de Santiago (187), Boa Vista (56) e São Vicente (3).

Do total, 56 doentes são considerados recuperados, enquanto duas pessoas acabaram por morrer, uma na Praia e outra na Boa Vista.

Dois turistas estrangeiros também infectados regressaram aos países de origem, pelo que permanecem activos em Cabo Verde 186 casos de COVID-19, todos internados e em isolamento.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 279 mil mortos e infectou mais de quatro milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,11 mai 2020 7:58

Editado porSara Almeida  em  14 ago 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.