Praia: Vereadores do MpD abandonam reunião devido à presença "ilegal" de convidados

PorExpresso das Ilhas,3 dez 2020 15:49

As reuniões na Câmara Municipal da Praia, após as eleições de dia 25 de Outubro começaram mal com os vereadores eleitos e empossados do MpD a abandonar a sala. Em causa, segundo os mesmos, a presença de “convidados” do novo presidente da Câmara, em contramão com a lei.

Constavam da lista de convocados pelo recém-eleito presidente, Francisco Carvalho, para a reunião de hoje, sete Vereadores eleitos e empossados (quatro do MpD e 3 do PAICV), e um eleito do PAICV não empossado, Samilo Moreira.

Mas a reunião acabou por contar com a presença de mais elementos que de acordo com os vereadores eleitos do MpD não deveriam participar na mesma. Assim, abandonaram a sala, justificando, posteriormente, em conferência de imprensa, o sucedido.

“Chegados à sala de reunião os Vereadores eleitos e empossados pela lista do Mpd constataram que estavam presentes, para além dos Vereadores eleitos e empossados na Lista do PAICV, um eleito ainda não empossado (pelo que ainda não foi investido vereador) e mais quatro pessoas que constaram da lista de candidatura do PAICV à CMP mas que não foram eleitas”, relata.

Segundo avançaram, foram então pedidos esclarecimentos ao Presidente da CMP sobre “o porquê da presença de candidatos do PAICV não eleitos na sala para assistir à reunião na íntegra”.

Francisco Carvalho terá respondido, ainda de acordo com os vereadores do MpD, ser do seu entendimento “que as referidas pessoas deveriam estar presentes e que por isso iram continuar na sala na qualidade de seus convidados”.

A Lei regista que apenas eleitos e empossados podem participar das reuniões ordinárias, e face à insistência do presidente em manter os seus convidados presentes, os vereadores abandonaram a reunião por consideraram estar perante “uma ilegalidade”.

Os vereadores do MpD frisaram ainda, na conferência, que “no caso de haver alguma deliberação da reunião irá proceder à instauração de uma acção de anulação das decisões e deliberações aprovadas nesta reunião por falta de quórum”.

A equipa camarária da capital, saída das eleições autárquicas de 25 de Outubro é constituída por 9 eleitos sendo 5 do PAICV (incluindo o presidente e o eleito não empossado) e 4 do MpD.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,3 dez 2020 15:49

Editado porAndre Amaral  em  7 set 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.