​Governo não tem ligações à extrema-direita ou ao partido Chega - PM

PorExpresso das Ilhas, Lusa,13 jan 2021 16:27

O primeiro-ministro garante que o Governo e o partido que o suporta “não têm ligações com partidos de extrema-direita”. A reacção do executivo surge na sequência de uma reportagem de investigação intitulada “A Grande ilusão: cifrões e outros demónios”, divulgada esta semana, no canal português SIC, que aponta César do Paço, cônsul honorário de Cabo Verde na Florida, como um dos principais financiadores do Chega, partido da extrema-direita de Portugal.

“Há uma coisa que tenho que deixar clara. Nem este Governo, nem o partido que o apoia [Movimento para a Democracia, MpD], têm alguma relação de afinidade ou simpatia com partidos do tipo do Chega, em Portugal, nem partidos de lógica ideológica similar”, afirmou Ulisses Correia e Silva, depois de aceitar o pedido de demissão apresentado na terça-feira pelo ministro dos Negócios Estrangeiros e da Defesa, Luís Filipe Tavares.

Questionado pelos jornalistas, Ulisses Correia e Silva, que é também presidente do MpD, afirmou que a decisão de pedir a demissão deve ser “respeitada e que protege a ele próprio [Luís Filipe Tavares] de ataques que, seguramente, a oposição se preparava para fazer, destruindo a sua pessoa e tentando atingir o Governo”.

O ministro demissionário, em comunicado, justifica o pedido de exoneração com a necessidade de “poupar” Cabo Verde a crispação adicional e ao “desgaste” que resultam das eventuais repercussões políticas negativas da nomeação do português César do Paço como cônsul honorário na Flórida.

Ontem o governo anunciou, também em comunicado, sem mais pormenores, que “aceitou o pedido de demissão de Luís Filipe Tavares”.

O primeiro-ministro escusou-se para já a avançar o nome do substituto de Luís Filipe Tavares, que é também vice-presidente do MpD, acrescentando que primeiro levará o nome proposto ao Presidente da República.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,13 jan 2021 16:27

Editado pormaria Fortes  em  20 jan 2021 17:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.