MpD repudia suspeitas do PAICV em torno dos resultados eleitorais

PorSheilla Ribeiro,3 mai 2021 12:17

O MpD manifestou hoje repúdio pelas suspeitas lançadas pelo PAICV em torno dos resultados eleitorais. Para o partido, a responsabilidade dos resultados do passado dia 18 de Abril são exclusivamente dos tambarinas.

A posição do partido foi manifestada em conferência de imprensa para se posicionar na sequência dos resultados das últimas eleições legislativas.

“O MpD repudia totalmente as suspeitas lançadas pelo PAICV em torno dos resultados eleitorais. Além de demonstrar ser um mau perdedor, o que o PAICV revela com essas declarações é um total desrespeito pelos cabo-verdianos. Se o PAICV ficou surpreendido pelos resultados eleitorais a responsabilidade é exclusivamente sua. Não venha agora acusar os cabo-verdianos”, apontou Filomena Delgado.

Para a secretária geral do MpD, se o PAICV considera que houve ilegalidades deve procurar os tribunais e outros meios para repor a legalidade. Nesse sentido, Filomena Delgado reiterou a vitória do seu partido e a confiança que os cabo-verdianos manifestaram no MpD para continuar a governar nos próximos cinco anos.

Filomena Delgado exortou o PAICV a “abandonar a política populista, irresponsável e sem sentido de Estado por que se tem pautado nos últimos anos” e garantiu que o compromisso do MpD mantém-se focado no futuro e na estabilidade.

“Venceremos a COVID, relançaremos a economia para voltar a gerar emprego e criar condições de melhoria de vida para todos os cabo-verdianos”, assegurou.

Recorde-se que o PAICV considerou que os resultados conseguidos no passado dia 18 de Abril, apesar de serem reconhecidos logo nas primeiras horas podem não reflectir a vontade genuína do povo. Ainda assim, o partido garantiu que não vai pôr em causa os resultados eleitorais.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,3 mai 2021 12:17

Editado porAndre Amaral  em  7 mai 2021 5:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.