Vacinação é "cartão postal" para atrair turistas - MTT

PorNuno Andrade Ferreira,3 set 2021 20:13

​O governo quer aproveitar o nível de vacinação da população contra a covid-19 como um cartão de visita do país, capaz de atrair turistas. Ideia expressa hoje, no Sal, pelo ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos.

No dia em que Cabo Verde atingiu 70% de população adulta vacinada com pelo menos uma dose, e em declarações no final do Fórum Global de Turismo para o Investimento em África, o governante destacou a importância do nível de cobertura vacinal para a retoma do mais importante sector da economia cabo-verdiana.

“Temos que vacinar, porque a vacina é o cartão postal para nós conseguirmos reposicionar Cabo Verde no mapa dos destinos turísticos”, referiu.

O turismo representa cerca de 25% do Produto Interno Bruto. Em 2019, as ilhas receberam um número recorde de 819 mil turistas, número que sofreu uma queda de 70% em 2020, de acordo com dados oficiais.

O titular da pasta do turismo anunciou uma aposta na comunicação, para levar aos mercados emissores a ideia de um destino seguro.

“Temos que apostar na comunicação, na promoção dessa informação. Esse é o próximo desafio: fazer a divulgação da informação de que temos a população vacinada, que temos as condições criadas para o turismo recomeçar”, declarou.

Para Carlos Santos, a incerteza que persiste no mercado turístico combate-se com doses de vacina. O ministro confia que Cabo Verde está pronto a receber visitantes, em condições de segurança sanitária, “depois de 18 meses de letargia”.

“Estamos em condições de abrir o nosso destino. As pessoas podem vir visitar Cabo Verde, porque as condições sanitárias estão salvaguardadas”, reforça.

O executivo sai satisfeito dos dois dias de trabalho em Santa Maria, ontem, com a 64ª reunião da Comissão Regional Africana da Organização Mundial de Turismo (OMT) e hoje, no âmbito do fórum de investimento.

Santos está convencido que os dois grandes objectivos foram cumpridos. Primeiro, com o reforço da posição na OMT, depois da renovação do mandato no conselho executivo da organização. Segundo, com o fortalecimento da imagem do país enquanto destino turístico e de investimento.

Os dois eventos internacionais contaram com a participação de duas centenas de pessoas, entre ministros do turismo, investidores, instituições financeiras e especialistas nacionais e internacionais. Amanhã, as delegações terão oportunidade de efectuar uma visita à ilha do Sal. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Nuno Andrade Ferreira,3 set 2021 20:13

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  23 set 2021 10:19

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.