​Estado da Nação é de retrocesso em vários sectores - PAICV

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,22 jul 2022 12:19

Os deputados do PAICV, eleitos por São Vicente, consideram que o estado da Nação é de retrocesso em vários sectores, mas que a situação da ilha do Monte Cara é mais preocupante. O partido aponta os transportes, o desemprego, a falta de apoio das instituições públicas e os serviços de saúde como principais problemas.

A leitura dos parlamentares foi feita durante uma conferência de imprensa proferida hoje, na sua sede em São Vicente, pelo deputado João do Carmo.

“O estado da Nação é claro. Estamos a regredir em vários sectores. No sector dos transportes, que marítimo quer aéreo, é visível e nunca Cabo Verde esteve nesta situação desde a independência deste país. A situação de São Vicente é um pouco mais preocupante, tendo em conta o imbróglio a nível municipal”, entende.

“O povo de São Vicente não esquece da declaração do Governo, feita em 2016, que este iria travar o desenvolvimento desta ilha”, afirma.

Os deputados do maior partido da oposição dizem que o retrato que faz tem por base contactos feitos com a população e com diversas instituições na ilha.

“O povo sente-se injustiçado pelo alto preço na ligação SV-Lisboa; o sente-se sufocado todas as vezes que procura os serviços do Hospital Baptista de Sousa; os jovens de São Vicente sentem-se desesperados pela falta de emprego nesta ilha; as pessoas com baixa renda não têm o apoio das instituições públicas; o número de casas de lata aumenta diariamente, a ZEEMSV é uma das maiores ilusões jamais visto nesta ilha”, aponta.

Quanto à Cabo Verde Interilhas, o PAICV diz que as recentes situações de cancelamentos de viagens prova que o partido tinha razão quando disse que a empresa não estava em condições de “assumir o monopólio do sector”.

“A empresa era obrigada a trazer cinco barcos novos, só trouxe um. Basicamente assegura as ligações com os barcos já existentes. Em todo este dossier há apenas um cumprimento: o Governo passa para a empresa 300 mil contos anuais. Só o Governo tem estado a cumprir nesta parceria”, considera.

As declarações dos deputados do PAICV, eleitos por São Vicente, foram feitas depois de uma visita ao círculo eleitoral, e em jeito de antevisão do debate sobre o estado da Nação agendado para o dia 29, na Assembleia Nacional.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,22 jul 2022 12:19

Editado porAndre Amaral  em  12 ago 2022 7:20

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.