​PAICV de Santiago Sul acusa MpD de “bloquear o desenvolvimento” da Praia

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,6 nov 2022 8:16

A Comissão Política Regional de Santiago Sul do PAICV acusou, no sábado, o MpD “de tentativa de bloquear o desenvolvimento da Praia com politiquice” ao tentar impugnar o orçamento para 2023, calculado em praticamente três milhões de contos.

Carlos Tavares disse que o instrumento de gestão da Câmara Municipal para o ano económico 2023 foi enviado à Assembleia Municipal nos termos da Lei de Finanças Locais e submetido previamente à edilidade para apreciação.

Este orçamento, garantiu, visa resolver os muitos problemas com que o município da Praia se depara, para resolver programas sociais com melhoramentos dos bairros, tendo acusado o Movimento para Democracia (MpD, oposição camarária) de tentativa de vingança aos praienses, por causa da derrota nas últimas eleições autárquicas na capital, em 2020.

No fundo, acusou o MpD de fazer o mesmo teatro político do ano transacto, quando intentaram um processo no tribunal contra o orçamento de 2022, que actualmente já se encontra praticamente materializado”.

Carlos Tavares entende que o presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Tavares, e o PAICV têm adoptados uma gestão comprometida com o desenvolvimento do concelho da Praia e com os praienses na busca de soluções, ao passo que o MpD, assim como os seus eleitos, estão desinteressados no desenvolvimento da Praia, buscando apenas bloquear o desenvolvimento do município.

Para a aprovação do Orçamento, a ser submetido à Assembleia Municipal nos dias 10 e 11 próximos, Carlos Tavares disse esperar uma outra postura dos eleitos do MpD, por forma a colocar os interesses do município da Praia acima de tudo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,6 nov 2022 8:16

Editado porFretson Rocha  em  28 jul 2023 23:29

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.