​UCID quer profissionalização do Carnaval

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,7 fev 2023 11:57

Dora Pires
Dora Pires

A União Cabo-Verdiana Independente e Democrática (UCID) defendeu hoje a profissionalização do Carnaval, pelo impacto económico que tem para São Vicente e para o país. O partido quer que a manifestação cultural seja pensada e preparada ao longo do ano e com a criação de emprego para os seus fazedores.

As declarações do partido foram feitas esta manhã, em São Vicente, pela deputada Dora Pires, em jeito de antevisão da primeira sessão parlamentar de Fevereiro, que arranca na quarta-feira com o debate com o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas e Ministro do Mar, Abraão Vicente.

“É uma preocupação da UCID termos realmente ter o Carnaval bem instalado para que durante o ano todo haja a indústria e emprego para várias famílias que dele dependem durante esses três meses. Sobre a questão do financiamento, consideramos que é preciso uma maior intensificação, tendo em conta o turismo e o financiamento de 11.800 contos é muito pouco para o Carnaval que todos desejam ver nestes dias”, defende.

Dora Pires considera que o salário podia ser pago pelo próprio Governo.

Durante a sessão parlamentar, a bancada do MpD indicou a ministra a das Infraestruturas do Ordenamento do Território e Habitação para a interpelação sobre a retoma das obras a nível nacional. A UCID diz que a sua intervenção terá como referência a Resolução n.º 65/2018 de 10 de Julho, que publica o mapa dos investimentos por eixo de intervenção e por município, que apresenta em resumo o Programa de Requalificação, Reabilitação e Acessibilidades (PRRA) em mais de 11 mil contos.

“Como houve uma pausa durante a pandemia, então nós gostaríamos de saber que montante é que foi gasto, se irão continuar a investir para podermos ter concretizado o mapa que nos é apresentado por municípios. É muito dinheiro, cerca de 11 milhões de escudos”, diz.

No instituto de perguntas ao Governo, a terceira força política no parlamento diz que vai exigir do governo a possibilidade de verificação e ou realização de uma auditoria dos níveis de Cadastro Social existentes, devidos a várias reclamações no seio da população nesta matéria.

Também quer saber para quando a resolução da situação dos funcionários do ICCA, assim como a possibilidade de introdução de algumas consultas de especialidade no rol de preocupações do INPS.

Da agenda da primeira sessão parlamentar de Fevereiro consta ainda a discussão e aprovação do Projecto de Lei que consagra os princípios gerais de incentivo e atracção do acesso às instituições de ensino superior aplicáveis aos estudantes descendentes até à terceira geração de cabo-verdianos residentes na diáspora.

O Projecto de Lei que estabelece pensão e garante direitos aos Militares da primeira incorporação de 1975 e Projecto de Resolução que altera a Resolução nº 5/X/2021, que fixa o número e a designação das Comissões Especializadas e determina os seus respectivos membros também fazem parte da agenda de trabalhos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,7 fev 2023 11:57

Editado porFretson Rocha  em  29 out 2023 23:27

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.