Cabo Verde Airlines opera rota de Luanda em cooperação com a TAAG

PorAndre Amaral,23 abr 2019 11:21

Anúncio de parceria estratégia com a TAAG foi feito hoje. Voos entre Luanda e Sal serão feitos em code share e operados pela companhia angolana.

A Cabo Verde Airlines e a TAAG Angola Airlines vão assinar um acordo de cooperação para operar em regime de code share entre Luanda e Sal. “O acordo de code-share será oficializado no próximo dia 26 de Abril, marcado também pelo voo inaugural entre as duas cidades, operado pela TAAG”, anunciou hoje a Cabo Verde Airlines.

“Este serviço é um acordo de cooperação onde uma companhia aérea transporta passageiros de uma outra companhia através de códigos compartilhados num determinado voo. Neste caso, passageiros com bilhetes para um voo da Cabo Verde Airlines entre Luanda e Sal serão transportados por uma aeronave da TAAG”, acrescenta a companhia aérea cabo-verdiana que acrescenta ainda que nesta “parceria a Cabo Verde Airlines será marketing carrier, ou seja, irá vender bilhetes com código próprio mesmo em voos operados pela TAAG, que nesta parceria actuará como operating carrier”. 

Os voos serão operados por um B737-700, de 120 lugares, nos seguintes horários: sexta-feira e domingo LUANDA-SAL 22:50/+04:55 – hora local (via São Tomé e Príncipe) e segunda-feira e sábado SAL-LUANDA 6:25/16:20 - hora local (via São Tomé e Príncipe).

De recordar que as ligações entre Angola e Cabo Verde existiram até 2016, altura em que a rota, operada pela TAAG, foi suspensa por falta de rentabilidade. No entanto, em Novembro do ano passado, as duas companhias aéreas assinaram um memorando de entendimento tendo em vista a recuperação das ligações aéreas entre os dois países.

Nesse acordo ficou expresso ficou expresso que as duas companhias querem aproveitar o hub do Sal e o aeroporto de Luanda para fazerem ligações a outros países, oferecendo a Cabo Verde Airlines conectividade para vários destinos na Europa, Estados Unidos, Nordeste do Brasil e Senegal e a TAAG para destinos como Brazzaville, Kinshasa, Lusaka, Harare, Maputo, Joanesburgo, Cidade do Cabo, Windhoek, São Tomé, bem como para voos domésticos em Angola. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,23 abr 2019 11:21

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 nov 2019 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.