Governo pede vinte milhões de Euros ao BAD

PorExpresso das Ilhas,22 dez 2019 6:58

O Governo pediu vinte milhões de Euros ao Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) para financiar a fase II do Programa para a Competitividade do Sector Privado e o Desenvolvimento Económico Local (PSC-LED II).

Conforme o acordo de empréstimo, o montante é um apoio orçamental que deverá contribuir para o financiamento do referido programa. 

Entretanto, o Governo explica que o PSC-LED visa “garantir um crescimento inclusivo e sustentável e a diversificação da economia”, com “especial ênfase no sector privado nacional e nos intervenientes locais”, tendo em conta “a sua potencial contribuição” para a economia. 

Além disso, adiantou, apoiará ainda a realização do objectivo do Plano Nacional de Desenvolvimento visando promover o crescimento e o desenvolvimento económico local liderados pelo sector privado. 

O prazo de utilização do empréstimo expira-se em 31 de Dezembro de 2020, ou em qualquer outra data acordada entre as partes. 

O Governo fica obrigado a amortizar o capital no período de quinze anos após o período de carência de cinco anos, começando a contar a partir da data de assinatura do acordo. 

O reembolso, acrescenta o documento, deve ser efectuado em trinta prestações semestrais iguais e consecutivas, sempre a 15 de Junho e 15 de Dezembro.

O acordo de empréstimo entre Cabo Verde e o BAD foi aprovado na reunião do Conselho de Ministros e publicado no Boletim Oficial de sexta-feira.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 942 de 18 de Dezembro de 2019. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,22 dez 2019 6:58

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  11 set 2020 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.