Destaques da edição 1011

PorExpresso das Ilhas,14 abr 2021 0:01

Última semana de campanha trazem as duas últimas entrevistas aos líderes partidários concorrentes às legislativas de 18 de Abril.

Na edição desta semana a manchete do Expresso das Ilhas é feita com as entrevistas ao presidente interino do PTS, Cláudio Sousa e do PSD João Além.

Fundado nos finais dos anos 90, por Onésimo da Silveira, esta é a quarta vez que o PTS concorre às legislativas, tendo como cabeça de lista Cláudio Sousa. O presidente interino do partido apresenta-se como agricultor e historiador. Aos 28 anos, diz ainda ser um jovem militante de causa, que, há cerca de oito anos, tem estado a fazer trabalhos de activismo social e político. Nasceu, cresceu e vive no Tarrafal, o mais a Norte da ilha de Santiago e diz querer mudar Cabo Verde “para melhor”.

Fundado em 1992, pelo actual presidente João Além, o PSD está mais uma vez a participar nas legislativas em Cabo Verde. O Partido Social Democrático concorre nas eleições do dia 18 de Abril em quatro dos 13 círculos eleitorais e para estas legislativas, o partido tem como lema “Mudar Cabo Verde e dignificar o homem”. Em entrevista ao Expresso das Ilhas, o líder e cabeça-de-lista para Santiago-Sul falou das propostas do PSD para a segurança, saúde, justiça, educação, turismo e transportes.

Café. É uma das bebidas mais consumidas no mundo e também uma das matérias-primas mais comercializadas a nível global. Embora não seja consensual, o 14 de Abril tem vindo a ser celebrado como o dia Internacional desta bebida. E para marcar a data, ouvimos produtores e técnicos, que nos falam desta “velha” cultura em Cabo Verde (principalmente no Fogo e Santo Antão) e suas vicissitudes. A falta de chuva e mão-de-obra, entre outros factores, continuam a comprometer a produção, que está a cair...

A pandemia da COVID-19 continua a merecer destaque na edição desta semana do Expresso das Ilhas.

Cabo Verde conheceu desde o início do mês um aumento brusco de casos de COVID-19. Actualmente há 1543 casos activos e o número de óbitos subiu para 187.

Dentro do tema da pandemia, destaque ainda para os encontros de primavera do Banco Mundial e do FMI em que o período pós-pandemia surge como uma oportunidade.

A pandemia COVID-19 causou uma crise sanitária, económica e social sem precedentes. Ameaça a vida e o sustento de milhões, aumentou a pobreza e a desigualdade e fez regredir os ganhos do desenvolvimento. Para uma recuperação global, será necessário apoio financeiro e técnico sustentado, distinto e direccionado aos governos e ao sector privado. Uma forte coordenação internacional é urgente e necessária para conter os impactos da pandemia, recuperar a evolução das metas de desenvolvimento e estabelecer as bases para um desenvolvimento verde, resiliente e inclusivo. Estas foram as principais mensagens do Comité de Desenvolvimento – fórum de nível ministerial que representa os 189 países membros do Grupo Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional – deixadas no comunicado publicado na sequência das reuniões de primavera das instituições.

Por último e ainda dentro da temática da COVID-19 trazemos um trabalho sobre a investigação científica à volta do mRNA. O RNA Mensageiro é um dos grandes trunfos da ciência para as próximas décadas e o caminho para o tratamento de muitas doenças.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,14 abr 2021 0:01

Editado porAndre Amaral  em  6 mai 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.