​CPLP mobiliza-se para apoiar Moçambique

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,19 mar 2019 12:57

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca diz que já contactou o Secretário-Executivo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa e os homólogos da CPLP sobre a tragédia humanitária em Moçambique, causado pelo ciclone Idai. Estima-se que mais de mil pessoas tenham perdido a vida.

Num post feito hoje, na sua página na rede social Facebook, o chefe de Estado dá conta dos esforços que estão a ser feitos.

“A tragédia humanitária em Moçambique toca-nos profundamente. Estou a aguardar um contacto pessoal com o Presidente Nyusi mas está difícil. Contactei o Secretário-Executivo da CPLP e homólogos da CPLP. Procuramos desencadear acção de mobilização e coordenação da assistência necessária e possível”, escreveu.

Na passada sexta-feira, 15, o Presidente da República enviou uma mensagem de consternação e solidariedade ao seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi, pelas perdas humanas e outros efeitos tremendos decorrentes do desastre ambiental.

O ciclone abateu-se sobre a cidade da Beira na noite de quinta-feira.

O Presidente moçambicano confirmou ontem, em conferência de imprensa, que os dados oficiais indicam que 84 pessoas morreram. Um número ainda provisório uma vez que Filipe Nyusi logo acrescentou que, perante o cenário, teme que mais de 1000 pessoas possam ter perdido a vida por causa da passagem do ciclone.

Ao todo, a tempestade terá afectado no país 600 mil pessoas, incluindo 260 mil crianças.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,19 mar 2019 12:57

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 nov 2019 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.