São Vicente sem notário permanente, acusa PAICV

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,23 mai 2019 15:06

Alcides Graça
Alcides Graça(Rádio Morabeza)

São Vicente está sem notário em regime de permanência. A denúncia foi feita hoje, em conferência de imprensa, pela Comissão Política Regional do PAICV.

Alcides Graça, líder regional do partido, recorda que desde Setembro do ano passado que o partido tem chamado a atenção da tutela para a situação do Cartório Notarial de São Vicente.

“Em Setembro do ano passado nós manifestámos a nossa indignação devido à situação caótica devido ao funcionamento do cartório (...) A senhora ministra não só não resolveu o problema, como também deslocalizou o único notário que havia no cartório notarial, para a Conservatória de São Vicente”, afirma.

Segundo Alcides Graça, neste momento, há um notário em regime de acumulação, situação que, segundo diz, não responde às necessidades da ilha

“Hoje foi colocado no cartório de São Vicente uma notária que trabalha na conservatória da região de São Vicente, em regime de acumulação, portanto, vai acumular os serviços do cartório, com os serviços na conservatória. Será que uma ilha com mais de 80 mil pessoas não merece ter em regime de permanência e exclusividade um notário, para dar respostas às solicitações dos munícipes?"questiona.

Recorde-se que em Setembro o PAICV pediu a um novo cartório em São Vicente, medida justificada com a necessidade de resolver aquilo que considerou ser uma situação dramática vivida na instituição, sobretudo devido à falta de recursos humanos e lentidão do serviço.

O Ministério da Justiça convocou para estar tarde uma conferência de imprensa de reacção a este assunto. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,23 mai 2019 15:06

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 ago 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.