Presidente de Cabo Verde visita Guiné-Bissau entre 18 e 20 de Janeiro

PorExpresso das Ilhas, Lusa,9 jan 2021 10:23

2

Será primeira deslocação de Jorge Carlos Fonseca à Guiné-Bissau desde a chegada ao poder de Umaro Sissoco Embaló
Será primeira deslocação de Jorge Carlos Fonseca à Guiné-Bissau desde a chegada ao poder de Umaro Sissoco Embaló

Para o chefe de Estado cabo-verdiano, a visita servirá para o reforço e relançamento das relações entre Cabo Verde e a Guiné-Bissau

O Presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, vai visitar a Guiné-Bissau de 18 a 20 de Janeiro, anunciou esta sexta o próprio chefe de Estado, na cidade da Praia, na apresentação pública do oitavo volume da obra “Magistratura de Influência”.

“São países que têm laços históricos de cultura e muitas cumplicidades e poderá ser um momento importante para relançar, reforçar, aproximar cada vez mais os dois povos”, afirmou o Presidente.

Esta será primeira deslocação de Jorge Carlos Fonseca à Guiné-Bissau desde a chegada ao poder de Umaro Sissoco Embaló, que já tinha convidado o seu homólogo para a sua tomada de posse, no início do ano passado, então marcada por uma crise pós-eleitoral, mas que não se concretizou.

Em Novembro do ano passado, o Presidente da República da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, formalizou o convite ao homólogo de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, para uma visita oficial ao país, para "reforço" dos "laços históricos" entre os dois Estados.

A carta-convite foi entregue pelo embaixador da Guiné-Bissau em Cabo Verde, M´Bala Fernandes, que foi recebido pelo chefe de Estado cabo-verdiano, que é actualmente presidente em exercício da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Jorge Carlos Fonseca termina o mandato em outubro de 2021, ano marcado por eleições legislativas e presidenciais em Cabo Verde.

Em 22 de novembro de 2019, o último dia de campanha para a primeira volta das eleições presidenciais, Umaro Sissoco Embaló, candidato presidencial, esteve algumas horas na Praia, tendo sido recebido pelo chefe de Estado cabo-verdiano.

Voltou à Praia em 11 de janeiro de 2020, após a segunda volta das eleições guineenses, e de novo para reunir-se com o Presidente cabo-verdiano no Palácio Presidencial, tendo na altura convidado Jorge Carlos Fonseca para a sua tomada de posse.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,9 jan 2021 10:23

Editado porJorge Montezinho  em  20 jan 2021 6:19

2

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.