ICIEG lança campanha “Adolescência primeiro, gravidez depois”.

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,21 jul 2021 14:18

Lançamento  da campanha “Adolescência primeiro gravidez depois “
Lançamento da campanha “Adolescência primeiro gravidez depois “ Rádio Morabeza

A presidente do ICIEG afirma que a gravidez na adolescência é uma preocupação e alerta que, neste momento, há um aumento do número de alunas grávidas nas diversas escolas do país, nomeadamente em Porto Novo, Boa Vista e no Sal. Rosana Almeida falava a imprensa durante o lançamento da campanha “Adolescência primeiro gravidez depois”.

Com esta campanha, o ICIEG pretende sensibilizar os adolescentes, pais, escolas e toda a sociedade sobre os riscos da gravidez na adolescência.

"Estamos a atacar agora, vamos às escolas com maior índice de gravidez na adolescência, vamos falar com as famílias, vamos falar com a sociedade civil, vamos falar com os rapazes, porque este não e um problema apenas de meninas. Vamos com a embaixadora que nós escolhemos, a Élida Almeida, para ver se travamos esta onda. Cabo Verde conseguiu ganhos consideráveis a nível da saúde sexual e reprodutiva, e estes ganhos não podem ficar manchados pela gravidez na adolescência. Não podemos aceitar ver meninas a terem filhos aos 14 anos e ver rapazes poucos consciencializados à volta desta problemática", avança.

A cerimónia do lançamento da Campanha foi presidida pelo Ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social.

Fernando Elísio Freire, disse que o governo está a apostar na implementação e continuidade do sistema nacional de cuidados, direccionada para libertar as mulheres para que possam ter acesso à educação e as escolas.

"Para que possam utilizar melhor o seu tempo, evitar assim a penalização das meninas e dos rapazes. Com esta campanha está lançado o desafio à sociedade cabo-verdiana que junta a toda ela o governo, o ICIEG, todas as instituições da República, a educação, a saúde, as igrejas, as organizações da sociedade civil, as famílias e cada um de nós, para actuarmos de forma activa, na mudança comportamental, pois só isso e que terá ou fara o sucesso da campanha ",explica

A cantora Élida Almeida, é a embaixadora da campanha “Adolescência primeiro gravidez depois”, do ICIEG, que conta com o envolvimento da VerdeFam, a OMCV, a Morabi e a Direcção Nacional de Educação.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,21 jul 2021 14:18

Editado porAndre Amaral  em  2 ago 2021 7:19

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.