Ministra da Justiça reconhece a necessidade de reforços e recursos humanos na PJ

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,12 mai 2022 12:31

Joana Rosa, Ricardo Gonçalves
Joana Rosa, Ricardo Gonçalves Rádio Morabeza

A ministra da Justiça reconhece a necessidade de reforços e melhorias a nível dos recursos humanos e institucionais, recrutamento e formação de pessoal da Polícia Judiciária. Joana Rosa falava no acto solene de comemoração do 29º aniversário da Polícia Judiciária (PJ), que se assinala hoje.

Joana Rosa diz que o Governo quer criar as condições para que o sistema judicial seja efectiva, preventiva, célere, elegendo alguns pilares fundamentais da acção governativa no sector da Justiça.

“Redução da morosidade na realização da Justiça, reforma institucional e modernização das infra-estruturas judiciárias, modernização e qualificação da investigação criminal científica, modernização dos Serviços dos registos, notariado e identificação, humanização do sistema penitenciário e da reinserção social, promoção e reforço dos direitos humanos e da cidadania. Como se pode observar são pilares transversais, mas que se encontram directamente ligados ao funcionamento e à acção da Polícia Judiciária, o que evidencia, mais uma vez, a relevância imprescindível desta instituição para a consecução de grandes desideratos a nível da justiça e da estabilidade e desenvolvimento do país”, avança.

Joana Rosa considera urgente a necessidade de recrutamento de inspectores estagiários, técnicos de laboratório e de informática, a promoção dos inspectores chefes e coordenadores além da “ aquisição de novos equipamentos técnicos para a investigação criminal, alteração e aprovação de uma nova orgânica e estatutos, e melhorar a percepção salarial, principalmente para os especialistas, técnicos e seguranças da Policia Judiciária, são também desafios. Congratulamo-nos com os últimos sucessos da Polícia Judiciária, como as últimas apreensões de droga, a resolução rápida de um homicídio no Sal e a detenção recente de indivíduos suspeitos da prática de Homicídio, na sua forma tentada, ocorrido em 2019 na capital do país, contra o então Presidente da Câmara Municipal da Praia. A PJ está sendo desafiada a investigar todas as situações que se encontram por esclarecer”, explicou.

A ministra da Justiça pretende melhor atendimento e agilização na intervenção da PJ e pede atenção especial à capital do país, onde se registam mais ocorrências criminais.

Durante as cerimónias de comemoração do 29º aniversário da Polícia Judiciária, também foram homenageados os funcionários aposentados e com mais anos de casa.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,12 mai 2022 12:31

Editado porAndre Amaral  em  24 mai 2022 15:19

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.