Governo trabalha para diminuir risco de ONG's serem usadas no financiamento do terrorismo

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,14 dez 2022 17:12

Encontro de validação da Estratégia Nacional de Combate à Lavagem de Capitais e ao Financiamento do Terrorismo e da Proliferação das Armas de Destruição
Encontro de validação da Estratégia Nacional de Combate à Lavagem de Capitais e ao Financiamento do Terrorismo e da Proliferação das Armas de Destruição Rádio Morabeza

Existem realidades próximas que dizem que as organizações não governamentais estão a ser usadas para lavagem de capitais. Revelação feita pela ministra da Justiça, ao presidir ao encontro de validação da Estratégia Nacional de Combate à Lavagem de Capitais e Financiamento do Terrorismo, e da Proliferação das Armas de Destruição, que está a decorrer na cidade da Praia.

Joana Rosa afirma que é importante ter os vários organismos do Estado ligados a trabalharem numa investigação profunda para controlar e saber se empresas e ONG's estão envolvidas em actividades de lavagem de capitais

“De igual modo, a nossa preocupação é o reforço das entidades não financeiras. Fizemos uma formação há tempos, com o GIABA (Grupo Intergovernamental de Acção contra o Branqueamento de Dinheiro). Aliás, a alteração legislativa também caminha nesta direcção de também as entidades não financeiras, principalmente as ONG's, serem chamadas e tidas em conta, porque nós não conhecemos qual é a nossa realidade, mas há realidades próximas que nos dizem que essas entidades têm estado a ser utilizadas para lavagens de capitais”, revela.

A ministra da Justiça avança ainda que estão prontas as propostas de revisão dos Estatutos e Orgânica da Unidade de Informação Financeira (UIF).

Estas "irão reforçar o seu funcionamento operacional, dotando-a de autonomia e independência operacional e de competências próprias para recrutar e treinar o seu pessoal, a quem são garantidas melhores condições de trabalho, designadamente no tocante à protecção da identidade, e ainda realizar análises estratégicas, ministrar formação e realizar programas de sensibilização de combate e prevenção de lavagem de capitais e financiamento de terrorismo”, avança.

O encontro de validação é promovido pela Comissão Interministerial de Coordenação das Políticas em Matéria de Prevenção e Combate à Lavagem de Capitais, ao Financiamento do Terrorismo e ao Financiamento da Proliferação das Armas de Destruição em Massa, em parceria com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (ONUDC), no quadro do projecto de “Reforço da Investigação Criminal em Cabo Verde para combater o tráfico de drogas e o crime organizado”, financiado pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos da América, e de Projeto SDG Funds.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,14 dez 2022 17:12

Editado porAndre Amaral  em  27 jan 2023 10:20

pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.