Presidente da República defende transferência de mais poderes e recursos para as comunidades

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,14 mai 2022 16:10

"Onde há associações e desenvolvimento comunitário há uma história de superação"
"Onde há associações e desenvolvimento comunitário há uma história de superação"

O Chefe de Estado, depois de presidir ao acto de comemorações do primeiro ano da criação do Parque Natural da Baía do Inferno e do Monte Angra, sublinhou que para se conseguir sustentabilidade e comunidades sustentáveis, “há que necessariamente empoderar as localidades e as ONG”.

“Lá onde há ONG e associações e desenvolvimento comunitário há uma história de superação e de desenvolvimento”, disse José Maria Neves, defendendo que é preciso mobilizar parcerias para colocar mais recursos nas mãos dos cidadãos e das suas associações para acelerar o ritmo de crescimento das comunidades, das ilhas e do país.

Sobre o trabalho desenvolvido pela Organização Não-Governamental (ONG) Lantuna, na gestão do Parque Natural da Baía do Inferno e do Monte Angra, José Maria Neves observou que está a promover uma maior autoestima nas respectivas comunidades.

“Há muito mais fé nas potencialidades dessas regiões e há sobretudo uma outra confiança e esperança num futuro melhor, porque as pessoas estão a envolver-se, a superar as dificuldades e a criar nova dinâmica de desenvolvimento”, referiu José Maria Neves.

O Presidente da República prometeu trabalhar, junto com o Governo, com as autarquias locais, com os organismos financiadores e outras ONG, pelo empoderamento das comunidades e do desenvolvimento sustentável.

O Parque Natural da Baía do Inferno, que integra a Rede Nacional das Áreas Protegidas, é a primeira área marinha protegida mista (terrestre e marinha) da ilha de Santiago. Tem uma área total de 21.096 hectares, 3.626 hectares na parte terrestre e 17.470 hectares na parte marinha.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,14 mai 2022 16:10

Editado porJorge Montezinho  em  25 mai 2022 12:19

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.