SINDPROF entrega pré-aviso de greve por tempo indeterminado ao ME e a DGT

PorSheilla Ribeiro,18 dez 2023 15:09

O Sindicato Democrático dos Professores (SINDPROF) entregou hoje ao Ministério a Educação (ME) e à Direcção Geral do Trabalho (DGT) o pré-aviso de greve por tempo indeterminado.

“Na sequência do fracasso das negociações com a tutela, visando a resolução pacifica das reivindicações dos professores em ativo e dos aposentados que vão desde as pendências à equiparação salarial com as demais classes privativas, o Sindicato Democrático dos Professores entregou, esta segunda-feira, no Ministério da Educação e na Direção-Geral do Trabalho (DGT), um pré-aviso de greve por tempo indeterminado, abrangendo todas as categorias profissionais de todos os estabelecimentos de ensino, dos serviços centrais e delegações concelhias”, lê-se numa nota publicada no Facebook.

Para iniciar a greve, o SINDIPROF explica que tem um prazo de cinco dias a contar a partir da entrega do referido pré-aviso.

De referir que em Novembro, aquando da greve dos professores, o sindicato tinha prometido novas forma de luta caso o Governo não se pronunciasse sobre as reivindicações da classe.

Reivindicações, aliás, que incluem a conclusão de reclassificações, promoção automática, regularização da atribuição dos subsídios por não redução da carga horária até 2024, melhorar a carreira dos mestres, doutores e professores universitários, regularização da carreira das educadoras de infância, regularização do processo de transição dos professores e revisão do Estatuto da Carreira do Pessoal Docente.

No passado dia 15, o Sindicato Nacional dos Professores pediu a demissão do ministro da Educação, alegando que o Governo vem “ignorando por completo as reivindicações da classe docente, apelidando estas lutas de meros ruídos irritantes”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,18 dez 2023 15:09

Editado porSheilla Ribeiro  em  11 jul 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.