"Transição energética impõe-se por uma questão económica" - PM

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,8 fev 2019 9:48

1

Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva
Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva(Rádio Morabeza)

A mobilidade eléctrica em Cabo Verde é um imperativo e não uma moda. Afirmação do primeiro-ministro, proferida à margem da apresentação pública da Carta de Política para a Mobilidade Eléctrica, quinta-feira, na Praia. O Governo quer atingir a meta de 100% de carros eléctricos em Cabo Verde dentro de 30 anos.

Ulisses Correia e Silva diz que a aposta na mobilidade eléctrica é uma das componentes essenciais do Programa Nacional para a Sustentabilidade Energética.

“O impacto pretendido é baixar a importação de gasóleo e gasolina consumidos pelas viaturas. E tem um impacto importante na balança de pagamentos do país. A par das questões ambientais, a transição energética impõe-se por uma questão económica, num país fortemente exposto a flutuações de preços internacionais de combustíveis. Quando os preços dos combustíveis aumentam lá fora, nós pagamos a factura”, avança.

O chefe do Governo acredita que a mobilidade eléctrica é compatível com as características geográficas de Cabo Verde.

“Temos distâncias pequenas, clima favorável, grande potencial endógeno de recursos renováveis. Esta aposta implica reforço institucional e transformações consideráveis na estrutura do mercado de energia, numa área que exige sofisticação, conhecimentos mais evoluídos e capacidade inovadora na prestação dos respectivos serviços”, explica.

Serão os carros eléctricos a melhor proposta para o ambiente?

Os carros eléctricos estão a ser cada vez mais uma moda. Mas serão realmente a melhor proposta? Da Coreia do Sul, a Hyundai apresenta o Nexo, totalmente eléctrico, sim, mas alimentado por hidrogénio.

Durante a apresentação da Carta de Política para a Mobilidade Eléctrica foram apresentadas sete viaturas eléctricas, três das quais financiadas pela cooperação luxemburguesa.

O Governo isentou recentemente de taxas aduaneiras a importação de viaturas eléctricas. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,8 fev 2019 9:48

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  24 abr 2019 23:23

1

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.