Presidente quer que se vá "mais além" na transferência de recursos para os municípios

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,13 mar 2019 17:29

Jorge Carlos Fonseca
Jorge Carlos Fonseca(Inforpress)

​O Presidente da República disse hoje que a política do Governo de transferência de recursos para os municípios tem sido positiva, mas defendeu que é “preciso ir mais além”.

Jorge Carlos Fonseca discursava em São Domingos, interior da ilha de Santiago, durante a sessão solene a que presidiu, no âmbito das comemorações dos 25 anos da criação daquele município.

O Presidente da República começou por dizer que “o poder locar foi uma das grandes conquistas do país, senão a maior” e prosseguiu, completando que existe um consenso sobre a necessidade de aprofundamento do poder local, de modo a que todas as suas potencialidades possam ser aproveitadas, contrariando uma eventual “centralização excessiva” do poder central.

“Almeja-se uma reorganização do Estado que assegure uma maior participação dos municípios e seus cidadãos no processo de desenvolvimento, embora não exista um consenso sobre os contornos exactos de uma total reorganização”, acrescentou.

Prosseguindo, afirmou que a política do Governo de transferência de recursos para os municípios tem sido “muito positiva.

A redefinição do poder local implica, para o Chefe de Estado, a participação da definição de políticas públicas globais, com impacto directo nos munícipes e a reconfiguração do papel das forças vivas locais na governação municipal.

“Essas medidas permitem conciliar, tanto a nível nacional, quanto concelhio, os interesses dos diversos actores presentes, dando lugar a uma cooperação que reduz, ao nível do concelho, o risco de conflito de interesses que, a acontecer, acabaria por resultar em processos de auto-exclusão que acrescentaria à polarização política, social e espacial, impedindo, deste modo, o envolvimento de todos os actores”, completou.

Para Jorge Carlos Fonseca, um “cenário de polarização social e espacial” impediria a construção do consenso necessário para que o Plano de Desenvolvimento Municipal adoptado tenha uma ampla aceitação e seja bem-sucedido.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,13 mar 2019 17:29

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 mai 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.