São Vicente: Antigo edifício da TACV receberá registos e notariado. Segundo cartório será em Monte Sossego

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,4 jul 2019 16:03

A maioria dos serviços afectos ao Ministério da Justiça, em São Vicente, serão concentrados no edifício que albergava a TACV. Com esta mudança, registo automóvel, comercial e predial, além do cartório notarial, passarão a funcionar num único espaço. O registo civil continuará no Palácio da Justiça.

A informação foi avançada hoje, à imprensa, pela ministra da Justiça, Janine Lélis, no final de uma deslocação ao cartório de São Vicente, para se inteirar dos resultados das mudanças feitas na gestão e reorganização do serviço, e depois de visitar o local das futuras instalações. 

“Viemos visitar o espaço onde ficava a TACV, que serão as futuras instalações [do cartório de São Vicente], onde teremos uma reorganização dos serviços, para que todos os serviços de registos comercial, automóvel e predial fiquem junto com o cartório, significando que o utente, num único prédio, terá acesso aos vários serviços", afirma.

No âmbito da desconcentração de serviços e para responder à demanda, Janine Lélis, sem avançar datas, aponta a criação de um novo cartório em São Vicente, localizado em Monte Sossego. 

“Existe a decisão. Vai haver um segundo cartório porque, neste momento, o movimento que temos mostra que é necessário ter esse segundo cartório. Os cartórios abrem-se ou fechem-se por decisão, conforme a necessidade, mas a decisão já existe e já está tomada”, assegura.

Janine Lélis garante que o ministério conhece bem o nível de reclamações em relação ao funcionamento do cartório de São Vicente e fala de medidas já executadas para melhorar o serviço, nomeadamente a mudança na gestão, melhorias no espaço e aumento dos recursos humanos.

Segundo a governante, a mudança para as instalações antes ocupadas pela TACV, um edifício público situado na avenida 5 de Julho, só acontecerá depois de realizadas obras de requalificação e adaptação.

Neste momento o espaço acolhe, temporariamente, o Centro Nacional de Artesanato.  

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,4 jul 2019 16:03

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  13 nov 2019 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.