Transportes, economia marítima e turismo em debate no arranque da primeira sessão parlamentar de 2020

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,7 jan 2020 10:31

A primeira sessão parlamentar deste ano arranca quarta-feira, 8, na Assembleia Nacional, com o debate com o Ministro do Turismo e Transportes e Ministro da Economia Marítima, José Gonçalves.

De acordo com a convocatória, José Gonçalves foi indicado pelo Grupo Parlamentar do PAICV. Para o instituto de perguntas ao Governo, a Bancada Parlamentar do MpD chamou o Ministro da Cultura e Indústria Criativas, Abraão Vicente.

Na agenda dos trabalhos estão duas propostas e um projecto de lei, que serão submetidos à discussão na generalidade e especialidade.

Em cima de mesa o Projecto de Lei que que estabelece as normas que regulam a realização do investimento directo dos emigrantes em Cabo Verde vai ser submetido à discussão na generalidade e especialidade.

Os deputados vão debruçar-se também sobre a Proposta de Lei que concede ao Governo autorização legislativa para se proceder à primeira alteração ao Decreto-legislativo n.º 1/2008, de 18 de Agosto, que aprova a Orgânica da Polícia Judiciária, assim como a que concede ao Governo autorização legislativa para aprovar um novo regime dos crimes de consumo e tráfico de estupefacientes e substâncias psicotrópicas.

A primeira sessão parlamentar de 2020 arranca com algumas novidades. Joana Rosa passa a liderar a Bancada Parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD). A eleição, com 87,5% dos votos, aconteceu esta segunda-feira, com a parlamentar a garantir estabilidade na bancada e procurar consensos com a oposição.

A nova direcção do grupo parlamentar do partido no poder tem como vice-presidentes os deputados Armindo da Luz, Maria Celeste Fonseca, Alcides de Pina e Luís Alves.

Joana Rosa substitui Rui Figueiredo Soares, que foi chamado ao Governo para ser ministro-adjunto para a Integração Regional, cargo antes ocupado por Júlio Herbert, que morreu em Outubro, vítima de ataque cardíaco.

Do lado do PAICV, Janira Hopffer Almada foi reeleita presidente do partido com 98% dos votos, em eleição interna em que era candidata única e prometeu uma "nova largada" no partido.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,7 jan 2020 10:31

Editado porSara Almeida  em  28 mar 2020 23:20

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.