José Maria Neves sublinha “grande vitória” na selecção para compacto económico dos EUA

PorExpresso das Ilhas, Lusa,15 dez 2023 7:49

O Presidente da República, José Maria Neves, classificou hoje de “grande vitória” a selecção do país para mais um compacto dos Estados Unidos da América, no âmbito do programa de ajuda pública ao desenvolvimento, para integração económica regional.

“A mais de ser uma muito agradável notícia, trata-se de uma grande vitória para a Nação cabo-verdiana no seu todo e, em particular, para o Governo”, escreveu o chefe de Estado, numa mensagem divulgada pela Presidência da República.

Para José Maria Neves, a decisão é o reconhecimento do compromisso de Cabo Verde com a governação democrática e dos ganhos já alcançados na realização do desenvolvimento e na redução da pobreza.

“Este compacto, chamado de ‘compacto regional’, é desenhado para apoiar o nosso país na realização do desenvolvimento através do aprofundamento da integração na região oeste-africana”, considerou Neves, avançando que já felicitou o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

“E exorto todas as cabo-verdianas e todos os cabo-verdianos a celebrar este muito bom momento para a nossa Nação e para o nosso processo de desenvolvimento e afirmação de Cabo Verde como um Estado de Direito Democrático”, prosseguiu.

José Maria Neves era o primeiro-ministro quando o país foi seleccionado para os dois pacotes anteriores (2005 e 2012) e considerou que a selecção para o terceiro compacto é “uma notícia extremamente positiva e encorajadora” para o arquipélago, sobretudo nos actuais tempos de crises e de guerras.

O Presidente da República disse ainda que o apoio, cujo valor ainda não foi divulgado, é mais uma “inequívoca prova de amizade, solidariedade e compromisso” dos Estados Unidos para com o povo cabo-verdiano.

A decisão foi tomada em reunião trimestral do conselho de administração do Millennium Challenge Corporation (MCC), realizada na quarta-feira, em que foram também seleccionados a Tanzânia e as Filipinas.

Em 2005, o MCC, através do Millennium Challenge Account (MCA), com sede na cidade da Praia, concedeu o primeiro pacote de ajuda a Cabo Verde, de 84,6 milhões de euros, que vigorou até 2010, destinando-se a infraestruturar o país.

Dois anos depois, forneceu um segundo compacto financeiro, no valor de 50,9 milhões de euros e que vigorou até 2017, para melhorar a gestão dos recursos hídricos e do saneamento, bem como dos serviços de gestão da propriedade.

O Millennium Challenge Corporation é uma agência governamental independente dos EUA que trabalha para reduzir a pobreza global através do crescimento económico.

Criado em 2004, fornece subsídios e assistência por tempo limitado a países que cumprem padrões rigorosos de boa governação, de combate à corrupção e de respeito pelos direitos democráticos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,15 dez 2023 7:49

Editado porAndre Amaral  em  24 mai 2024 23:28

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.