Governo entregou contrato de concessão dos transportes marítimos na Assembleia Nacional

PorAndre Amaral,18 mar 2019 18:45

José Gonçalves e Jorge Santos
José Gonçalves e Jorge Santos(Expresso das Ilhas)

José Gonçalves, ministro dos Transportes e Gilberto Barros, secretário de Estado das Finanças, entregaram, hoje ao fim da tarde, o contrato de concessão dos transportes marítimos ao presidente da Assembleia Nacional.

Depois da entrega não houve direito a perguntas por parte dos jornalistas. Apenas uma curta declaração de José Gonçalves que declarou que com esta entrega o governo entregou "uma cópia do contrato, no espírito da lei e da transparência". 

"No dia da interpelação, aqui na Assembleia, dissemos que no momento certo iríamos dar seguimento à entrega deste documento. Por isso mesmo entregamos em mãos, ao Presidente da Assembleia, o documento que vem unificar o nosso mercado trazendo uma solução que nunca dantes foi possível em Cabo Verde e que é a unidade do país, fazendo com que os transportes marítimos respondam àquilo que são das necessidades do país".

O Contrato de Concessão do Serviço Público de Transporte Marítimo de Passageiros e Carga, entre o Governo e a Transinsular, vencedora do concurso, foi assinado em Fevereiro. Trata-se de uma concessão para 20 anos, renovável. 

Concessão do serviço marítimo interilhas em funcionamento até Agosto

Governo e Transinsular assinaram esta manhã o contrato de concessão do serviço marítimo interilhas. Empresa portuguesa fica com 51% do capital e os armadores nacionais com 49%. Luís Figueiredo, presidente da Transinsular, disse no final da cerimónia que os investimentos na concessionária serão feitos com o objectivo de "tornar esta empresa numa empresa com todas as capacidades e potenciais de crescimento.

Cabo Verde Fast Ferry, Polaris S. A., Verdemar, Santa Lúzia Salvamento Marítimo, U. T. M. União dos Transportes Maritimos, Oceano Made, Sociedade Armadora Aliseu Lda, Adriano Lima, Jo Santos e David, são os outros armadores que integram a nova empresa concessionária.  A operação deverá começar em Agosto.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,18 mar 2019 18:45

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  5 dez 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.