Destaques da edição 956

PorExpresso das Ilhas,25 mar 2020 0:49

Nesta edição, o Expresso das Ilhas destaca o coronavírus e o impacto na economia.

Governo, patrões e sindicatos juntos: 5 milhões de contos para combater a recessão. Governo e parceiros sociais assinaram um novo acordo de concertação social que prevê medidas de protecção ao emprego, protecção social e linhas de crédito de estímulo à economia nacional. Os objectivos do conjunto de medidas apresentadas pelo governo e aprovadas pelos parceiros entram imediatamente em vigor.

Olavo Correia, Ministro das Finanças: “Esta crise é o maior desafio que alguma vez enfrentámos”. A recessão já é real e vai ser forte. As perdas já estão contabilizadas e serão duras. Quase metade da arrecadação fiscal prevista evaporou-se devido ao impacto global coronavírus, cerca de 2/3 dos turistas que o país devia receber este ano tiveram o mesmo destino e agora, diz o Ministro das Finanças, o importante é trabalhar a dois níveis: nas medidas de mitigação imediatas e no planeamento do pós-pandemia.

Turismo: Acções imediatas e planear o futuro. A crise não só é irreversível como já está sentada no camarote a assistir à derrocada do edifício económico. Com as pessoas impossibilitadas de viajar, o turismo é um dos sectores que mais está a apanhar os efeitos adversos. Victor Fidalgo, consultor especialista na área do turismo, diz ao Expresso das Ilhas que o sector, em Cabo Verde, “está morto”. Pelo menos até Outubro. Mas, mais do que chorar pelos danos, avisa, convém começar já a pensar o pós-crise.

Também o distanciamento social, afinal o que é? A covid-19 trouxe consigo planos de contingência que estão a afectar visivelmente o nosso dia-a-dia destacando-se constrangimentos de mobilidade exterior e o novo imperativo de distanciamento social que mudou as nossas vidas de um dia para outro. Para entender bem a regra de distanciamento social, o Expresso das Ilhas falou com especialistas das áreas da saúde pública e das ciências sociais.

Na cultura, Artistas Plásticos apostam nas redes sociais. Em todo o mundo vive-se uma nova realidade. Em tempo de crise temos que saber contornar a situação mostrando a nossa criatividade. Com a pandemia do novo coronavírus todos os espaços culturais foram encerrados e todas as actividades adiadas. Os artistas plásticos, por exemplo, estão a usar a sua criatividade para driblar este cenário.

No interior, a opinião de Ondina Ferreira, «Forças Expedicionárias a Cabo Verde na II Guerra Mundial» de Adriano Miranda Lima – uma leitura; e de Dina Salústio, Estou nas tuas mãos.

Para sua protecção, o Expresso das Ilhas passará a ser distribuído dentro de um saco de plástico.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,25 mar 2020 0:49

Editado porDulcina Mendes  em  14 jul 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.